Tendência

Guia de Transformação Digital para a Indústria da Moda

Andreea Pop
Andreea Pop October 14, 2020
Guia de Transformação Digital para a Indústria da Moda

Este artigo irá abordar: quando o e-commerce se torna essencial; 5 recursos que o seu site precisa e a VTEX pode proporcionar; as vantagens do omnichannel; marketplaces, uma tendência que veio para ficar; o futuro da indústria da moda é colaborativo.

A pandemia do coronavírus vem trazendo dificuldades ao mundo desde o início de 2020, afetando tanto pessoas quanto empresas, no entanto, a pandemia não mostra sinais de acabar em breve. Implicitamente, uma mentalidade de “improvisar, adaptar, superar” é crucial para a sobrevivência das empresas. 

Especificamente para a indústria da moda, um segmento já em dificuldades devido à desaceleração do crescimento, disputas tarifárias e riscos de recessão, as implicações são numerosas e preocupantes. O isolamento social forçou às lojas físicas a fecharem temporariamente suas portas e deixou àquelas sem canais de venda on-line, completamente desprotegidas. O destino incerto de gigantes também em dificuldades como Debenhams, Oasis, J.C. Penney e Neiman Marcus sinaliza talvez outro “apocalipse do varejo”, ameaçando o futuro do varejo tradicional como nunca visto antes. Só nos Estados Unidos, espera-se que mais de 25.000 lojas fechem em 2020.

A crise sanitária causou transtornos na cadeia de abastecimento da moda, com muitos centros de fabricação e de fulfillment interrompendo ou retardando suas operações. Assim, surgiu um ciclo vicioso: o estoque da última estação vem se acumulando, enquanto o estoque da próxima estação sofre atrasos. 

Para completar, o ambiente macroeconômico não parece promissor: o Banco Mundial acredita que a economia mundial irá mergulhar na pior recessão desde a Segunda Guerra Mundial. Juntamente com uma miríade de demissões, cortes salariais e o aumento do número de licenças, as pessoas estão menos propensas a gastar seu dinheiro em roupas. De acordo com o censo oficial dos Estados Unidos de maio de 2020, a demanda por vestuário caiu 62,4% no país e 50,5% no Reino Unido comparado com os números de 2019. Uma chamada “quarentena do consumo” se concretizou e, se as previsões da editora-chefe da Vogue, Anna Wintour, estiverem corretas, este fenômeno desencadeará mudanças de longo prazo no comportamento do consumidor

Esses são apenas alguns dos fatores que sobrecarregam a indústria que em 2019 gerou US$ 2,5 trilhões de dólares em receitas anuais à nível mundial. Embora a situação possa parecer desanimadora, optar pela digitalização e inovação de maneira oportuna podem abrir um caminho a seguir. Especialistas do setor afirmaram que “em tempos conturbados, a sorte favorece os audaciosos” e nós, como provedores de tecnologia visionários, não poderíamos estar mais de acordo. Continue lendo para ter uma visão geral dos desafios atuais e futuros da indústria da moda e das soluções que a VTEX propõe. Seja audacioso conosco, navegue com segurança por este momento nunca visto antes, e atinja novos patamares.

Quando o e-commerce se torna essencial

Os varejistas de moda sem um canal digital foram completamente pegos desprevenidos quando os governos impuseram regras de distanciamento social, no auge da pandemia. A era do coronavírus evidenciou perigos pré-existentes como a combinação catastrófica de altos aluguéis com o baixo fluxo de pessoas, deixando os varejistas tradicionais sem uma saída de emergência, ou seja, sem um fluxo de renda alternativo. Estudos mostram que apenas dois meses de fechamento podem ocasionar problemas financeiros a 80% das empresas de moda, demonstrando assim que os números recordes de fechamento permanente de lojas em 2019 serão superados pelos de 2020. Portanto, assim como um investidor diversifica sua carteira, ter um canal de vendas adicional pode oferecer uma atenuante contra este tipo de risco. E com um número limitado de consumidores físicos, que outro caminho a seguir que não o on-line?

Os avanços tecnológicos, juntamente com a mudança no comportamento do consumidor, resultaram no crescimento dos canais on-line para varejistas. A disseminação mundial da Internet permitiu a introdução gradual do e-commerce às massas, enquanto os Millennials e a Geração Z têm impulsionado as compras on-line devido a sua acessibilidade, diversidade e comodidade. Por último, o crescimento dos sites e aplicativos móveis possibilitou ao e-commerce atingir novos níveis graças aos novos canais de venda que surgiram no mercado: mais de um terço das vendas de e-commerce foram impulsionadas pelo uso de smartphones em 2019

De acordo com a Statista, a receita total do mercado proveniente das vendas on-line cresceu 5% em um período de 2 anos, de 2017 a 2019. O ano de 2020, como um divisor de águas, acelerou a tendência positiva: os clientes não podiam sair de casa, então a sua única opção era fazer pedidos on-line. Por exemplo, 13% dos consumidores europeus visitaram lojas on-line pela primeira vez. Na segunda semana de julho, os gastos on-line subiram 68% em relação ao mesmo período do ano anterior. Isso beneficiou enormemente os players digitais. Além disso, eles continuarão colhendo os frutos até que a crise sanitária seja controlada, já que o e-commerce se apresenta como a opção mais segura para realizar compras, mesmo com as lojas físicas abertas.

Mas não estamos sugerindo que você invista no e-commerce e esqueça o varejo tradicional. Afinal, 80% das vendas da indústria da moda geralmente acontecem nas lojas físicas, pois há casos em que nada supera a experiência do cliente em: experimentar roupas, obter conselhos personalizados dos vendedores e analisar cuidadosamente os corredores de produtos. Comprar roupas e acessórios não se trata apenas de adquirir uma mercadoria, trata-se de satisfazer um desejo de fazer parte de uma tribo e ao mesmo tempo expressar sua individualidade. A experiência tátil de experimentar roupas e mergulhar na marca garantirá a sobrevivência da loja física. Mesmo as lojas puramente digitais e os marketplaces especializados em moda abrem showrooms, sejam eles temporários ou permanentes. Apesar das taxas de crescimento projetadas do e-commerce, a maior parte das vendas continuará sendo feita nas lojas. 

Agora, se as vendas físicas são tão dominantes e você prefere se concentrar em mantê-las, você pode se perguntar por que precisa de um canal digital. Resposta rápida: o cliente. O cliente gosta de ter a opção de navegar pelo site, comparar e encomendar itens on-line, apesar de preferir comprar na loja física. Na verdade, 90% dos compradores iniciam sua busca por produtos na Internet. A flexibilidade de ter múltiplos canais é a chave para o futuro da indústria da moda.

A verdade é que o e-commerce é essencial e quanto mais tempo se passa sem ele, mais dificuldades o seu negócio pode enfrentar. Felizmente, a VTEX, com seu excelente time-to-revenue, pode colocar seu e-commerce em funcionamento em apenas 10 dias. Seu novo ambiente virtual se atualizará automaticamente, garantindo um baixo custo total de posse (TCO) e que você esteja preparado para a temporada de vendas e grandes eventos do varejo. Nosso compromisso em apoiar seu negócio é garantido pela arquitetura multitenant da plataforma: o nosso sucesso é o seu sucesso. Portanto, vamos ser ambiciosos.

5 recursos que o seu site precisa e a VTEX pode proporcionar

Na indústria da moda, a fórmula vencedora é uma combinação de construção de marca e vendas, com a experiência do cliente como predominante. A customização, melhor usabilidade, tempo de carregamento reduzido, um front-end surpreendente, elementos surpresa e deleite são igualmente importantes. Porém, agora não é a hora de testar e aprender estratégias, mas de agir. Por isso, aqui está uma lista de 5 coisas que seu site definitivamente precisa hoje e precisará no futuro.

1. Um sistema de gerenciamento de pedidos (OMS) eficaz 

Seu negócio on-line precisa de um OMS que seja flexível e eficiente, que suporte de ponta a ponta o ciclo de vida do pedido. Ele precisa considerar erros humanos, ser seguro e estável, e fornecer informações valiosas sobre o comportamento do consumidor. Muitas vezes, o OMS é um complemento da sua plataforma de e-commerce, custando-lhe um valor que poderia ser gasto de outra forma. Mas não é o caso da VTEX!

O OMS da VTEX está totalmente integrado à plataforma VTEX Commerce Cloud. Ele centraliza todos os seus dados sobre produtos, estoque, fulfillment e então permite que você altere o valor dos pedidos, substitua itens, cancele pedidos, faça um reembolso parcial, entre muitos outros. Tenha uma visão clara de todos os seus pedidos e otimize suas operações.

2. Um Editor de Site eficaz

Transmitir a experiência na loja física através de um canal digital, não é uma tarefa fácil, por isso o seu site precisa oferecer uma experiência de cliente de primeira. No ambiente tão competitivo que é a indústria da moda, você também precisa de um diferencial em relação aos seus concorrentes. 

Com o Site Editor da VTEX, você pode editar seu front-end sem nenhuma experiência prévia em codificação. Gerencie todo o conteúdo com as funcionalidades do Sistema de Gestão de Conteúdos (CMS) e desenhe facilmente múltiplos store-fronts em diferentes idiomas. Além disso, seja capaz de criar um espaço com páginas de produtos com movimento e som com banners dinâmicos – o futuro é vídeo e o futuro é agora. E mais, com a possibilidade de executar testes A/B, o mundo é seu! 

3. Um Checkout inovador

Você sabia que 75% dos clientes não finalizam suas compras? É claro que existem múltiplas razões para o abandono do carrinho, incluindo prazos e custos de envio inesperados, impostos adicionais ou simplesmente arrependimento do comprador, mas às vezes o próprio processo de checkout dificulta a conclusão da venda. Por exemplo, 22% desistiram porque tiveram que criar uma nova conta de usuário, 15% devido a preocupações de segurança e 9% porque o checkout foi muito longo e confuso. Além disso, os impulsos de compra vêm e vão, assim como os recursos financeiros necessários para realizar o pedido, e é por isso que 17% dos clientes abandonam seu carrinho para “mais tarde”.

Combater o abandono do carrinho com o VTEX SmartCheckout não requer login, diminui o tempo de checkout em 50% e é completamente seguro. As recompras serão muito rápidas, sendo necessário apenas inserir o Código de Verificação do Cartão (CVV) para realizar um pedido. Além disso, você pode permitir pagamentos parcelados ou pagamentos diferidos com nossa integração Klarna, ou oferecer vários métodos de pagamento em um único pedido – até onde sabemos, os vales-presente também contam!

4. Um impulsionador de vendas

Devido à pandemia, 70% dos consumidores europeus e norte-americanos esperam reduzir os gastos com vestuário. Por outro lado, o estoque da última estação precisa acabar para abrir espaço para a próxima. São raros os clientes fiéis que continuam comprando e por isso precisam ser preservados ao máximo. O que fazer então?

Bem, você poderia ajudar seus clientes a pesquisar de forma mais efetiva por meio do VTEX Intelligent Search, que utiliza um algoritmo alimentado por inteligência artificial (IA) para oferecer funcionalidades como a de autocompletar o texto, verificação ortográfica, sinônimos e sugestões. Opte por ele e escolha como definir, renomear e reorganizar atributos para que os clientes possam encontrar itens com base no tamanho, cor, marca e muito mais. 

Aumente o ticket médio do pedido através de cross-selling e up-selling: melhore seu merchandising criando ofertas, promovendo lookbooks dos produtos, oferecendo combinações entre diferentes tipos de produtos, e melhorando as recomendações baseadas em IA. Crie promoções inventivas e flexíveis baseadas nas regras, públicos e objetivos do seu negócio, e reduza o estoque passivo – em março de 2020, 56% dos consumidores disseram que as promoções especiais foram um fator chave para realizar uma compra. Os carrinhos persistentes e listas de desejos lembrarão os visitantes do seu site, dos itens que eles visualizaram e assim impulsionando as vendas a longo prazo. E adivinhe: todas essas funcionalidades e módulos funcionarão ainda melhor no “novo normal”!

5. Integração com as redes sociais

Se seus clientes habituais não estão priorizando as compras neste momento, você vai ao encontro daqueles que estão. Em um mundo hiper conectado, a venda pelas redes sociais é uma mina de ouro. De fato, recorrer a vendas nas redes sociais lhe trará 45% mais oportunidades de venda. Como as compras e a socialização virtual estão se fundindo, você precisa estar onde os compradores estão: nas redes sociais.

Integre seu catálogo de produtos em canais como Instagram e Facebook e conduza os potenciais clientes diretamente ao seu site. Aproveite cada conteúdo e consiga que seu público faça conversões. As lojas estão fechadas e seus clientes confiam muito em seus vendedores? Não há problema, faça uma transmissão ao vivo e permita que eles comprem produtos em tempo real; o marketing por influenciadores e hashtags nunca foi tão simples. Outra alternativa é permitir que seus clientes compartilhem seus produtos nas redes sociais. Os vendedores podem criar e enviar ao cliente um pedido inteiro através de um carrinho compartilhável, pronto para o checkout. Para completar, crie um sentimento de comunidade com opiniões dos usuários e programas de fidelidade – o melhor mecanismo para gerar fidelidade à marca.

Você tem seu e-commerce, ótimo! Mas por que não almejar ainda mais?

As vantagens do omnichannel

O omnichannel permite a unificação perfeita das experiências on-line e em lojas físicas para uma experiência de cliente verdadeiramente integrada. Todos os canais – loja física, site com versão mobile, site para desktop, aplicativos, IoT e o que mais surgir no futuro – estão conectados com transparência e flexibilidade, oferecendo aos consumidores diferentes experiências de compra e fulfillment, além de trazer a você sistemas de inteligência de todos os âmbitos operacionais.

Vamos explorar algumas das suas vantagens.

★ Uma prateleira infinita

Para nunca perder uma venda, tenha uma visibilidade total do estoque, independente de onde sejam, e dê aos vendedores da loja informação integrada sobre o inventário, catálogo de produtos completo e as promoções ativas.  

Transações de carrinho misto

Combine pedidos do estoque local e das prateleiras infinitas em uma única transação para oferecer uma experiência de checkout perfeita.  

★ Diversas opções de fulfillment

Seus clientes podem optar por receber o pedido em casa após comprar na loja física, retirar na loja após comprar on-line (mais cross-selling para você!), receber pedidos através de retirada na calçada em um contexto de pandemia. Enquanto isso, você pode cortar custos logísticos através do envio da loja, roteirização inteligente, divisão de pedidos e agendamento de entrega.

★ Uma visão  360º do cliente

Seu cliente é identificado em todos os lugares, com todos os dados conectados em uma única conta: histórico de pedidos, carrinhos persistentes e descontos. Os vendedores vão adorar as comissões que essa integração permite. 

Com 90% dos clientes esperando uma interação consistente entre canais e 83% dos clientes dizendo que a conveniência é mais importante do que era há cinco anos, esta sinergia de todos os canais é capaz de aumentar o valor de vida útil dos clientes e levar a fidelidade à marca a outros níveis. Considerando que o ticket médio de um comprador regular omnichannel é 15% mais alto, diríamos que é um negócio bastante atraente. O cliente tem comodidade e uma experiência de compra memorável, enquanto você obtém os meios para dinamizar seu negócio. Todos saem ganhando!

Com a VTEX, você pode ter tudo isso. 

Marketplaces, uma tendência que veio para ficar

Um relatório recente da Gartner intitulado “10 Things COVID-19 Will Change in Digital Commerce” prevê a aceleração da criação e aperfeiçoamento dos marketplaces como canais suplementares de vendas on-line. É fácil entender o porquê. Por um lado, um varejista pode encontrar novos clientes e captar vendas vendendo em diferentes marketplaces. Por outro lado, os varejistas podem se tornar marketplaces ao integrar outros sellers. Isto vem a calhar quando o estoque não é diversificado o bastante. 

E embora seja verdade que nunca foram tão importantes para os varejistas como agora, os marketplaces se consagraram como vencedores desde muito tempo, em 2019, mais de 50% das vendas globais on-line sendo capturadas através dos marketplaces on-line. A Amazon, eBay, AliExpress já devem definitivamente soar familiar a todos os consumidores on-line.

A VTEX percebeu a importância dos marketplaces e, como resposta, tornou-se o primeiro provedor de plataforma de marketplace, comércio e OMS totalmente integrada. Através de sua arquitetura de última geração, a VTEX opera em mais de 160 marketplaces em mais de 28 países. Portanto, se você deseja integrar-se a um marketplace ou tornar-se um, a VTEX pode fazer isso acontecer de forma fácil e eficiente.

O futuro da indústria da moda é colaborativo

O último relatório Business of Fashion destaca o seguinte:

“Este também será um momento de colaboração dentro da indústria – mesmo entre empresas concorrentes”. Nenhuma empresa conseguirá atravessar a pandemia sozinha, e os atores da moda precisam compartilhar informações, estratégias e insights sobre como superar a tempestade.”

Não podíamos estar mais de acordo. Na VTEX, nos dedicamos a construir um ecossistema no qual possamos aprender uns com os outros, independentemente de quem somos. Acreditamos que o futuro é colaborativo e que, neste momento, a colaboração é fundamental. Portanto, entre em contato, peça uma demonstração, leia algumas histórias de sucesso de clientes como Iorane e Lion of Porches, e junte-se a todas as nossas outras lojas do ramo da moda. 

Vamos juntos desenvolver a indústria da moda e mudar com estilo.

Continue lendo: artigos relacionados
Estratégia

Marketplace e a magia em vender através dos Shoppings virtuais

Vender pela internet nunca esteve tão em alta como nos tempos atuais.  Termos como “Quero vender mais”, “Como…

Caetano Maffra
Caetano Maffra
Tecnologia

Composable Commerce: a nova era da transformação digital

O Composable Commerce é o mais novo e mais forte participante no jogo da transformação digital. Cada negócio…

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade
Estratégia

Como a VTEX ajudou o varejo a sair da crise?

Como empresa nativa digital, a VTEX estava pronta a reagir rapidamente aos efeitos do coronavírus. Com isso, os…

Rafael Forte
Rafael Forte
Estratégia

Como o omnichannel aproxima as farmácias de seus clientes

Webinar mostra o poder que o omnichannel tem de aumentar as vendas das farmácias e fazer com que…

Lorren Klinke
Lorren Klinke
Institucional

Trabalho remoto: como estreitamos relação com as equipes

A VTEX tem escritórios equipados e um ambiente com clima agradável para todos que trabalham lá ou visitam.…

Milena Ponte
Milena Ponte
Tendência

O que a China ensina para o varejo brasileiro?

Em evento em Nova York, especialista convidada pela VTEX mostra que o mercado chinês pode ser uma grande…

VTEX
VTEX
Tendência

Para onde vai o comportamento do consumidor em 2020?

Tecnologia afeta tendências de comportamento e consumo; conheça os principais drivers de inovação e prepare-se para conquistar os…

VTEX
VTEX
Tendência

A disrupção do pós-digital já está aí

Para discutir, explorar e dominar o futuro, é preciso deixar de lado as ferramentas do passado. Mas como…

VTEX
VTEX
Tecnologia

Como aproveitar as tendências tecnológicas a favor do seu e-commerce?

Em um mundo cada vez mais acelerado e incerto, necessidade de integração e desenvolvimento ágil exige uma nova…

VTEX
VTEX
Veja Mais
Registro feito com sucesso