Histórias de Clientes

A arquitetura de marketplace da Project N95 teve uma atualização para salvar vidas

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade June 23, 2021
A arquitetura de marketplace da Project N95 teve uma atualização para salvar vidas

A Project N95 é uma distribuidora de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) essenciais e testes de COVID-19 dos Estados Unidos. No início de 2020, exatamente quando a pandemia da COVID-19 atingiu o mundo, esta organização sem fins lucrativos de voluntários criou um marketplace para distribuir EPIs essenciais aos trabalhadores da linha de frente na área da saúde e comunidades vulneráveis. Desde o seu lançamento em março de 2020, em plena fase inicial da pandemia, o desempenho da Project N95 na entrega de roupas de proteção, máscaras, respiradores e face shields superou as expectativas de todos, tendo entregue mais de 8,4 milhões de unidades desde maio de 2020.

Este grande sucesso exigiu uma melhoria na arquitetura do marketplace, algo que a VTEX e a Loop Integration montaram rapidamente, proporcionando uma base de produtos maior, uma melhor incorporação de sellers e um sistema de segregação de clientes para atender às necessidades dos compradores. Esta infraestrutura é flexível e escalável porque é construída sobre uma arquitetura na nuvem da Amazon Web Services, que é um dos parceiros mais confiáveis da VTEX.

Através da infraestrutura do ambiente do seller, temos sido capazes de realmente crescer e criar grandes relacionamentos com eles. Podemos oferecer melhores preços, mais produtos e atender melhor à alta demanda.

Amy Petersen, Gerente de Projeto da Project N95

Um crescimento sem precedentes exige uma arquitetura robusta

Em menos de 30 dias, a Project N95 lançou um moderno marketplace em meio à pandemia da COVID-19, aumentando o volume médio para garantir rapidamente EPIs essenciais para os profissionais de saúde da linha de frente. Hoje, a Project N95 já forneceu equipamentos de proteção para mais de 300.000 profissionais de saúde e trabalhadores da linha de frente. Embora a equipe realize a devida análise de todos os fornecedores e produtos para acelerar as decisões de compras seguras, rapidamente e a preços geralmente reduzidos, a demanda da Project N95 cresceu tão fortemente que foi necessária uma atualização da sua arquitetura B2B original.

Anteriormente, a organização utilizava um processo de leilão reverso para trazer transparência ao mercado de EPIs. No entanto, esta modalidade de leilão reverso apresentava desafios na experiência do usuário e um tempo inferior ao ideal entre a realização do pedido e a entrega. Mas eles se expandiram significativamente desde o início da COVID, tendo mais de 50 produtos (inicialmente, contavam apenas com 15) em seu catálogo, a maioria produtos de sellers, incluindo as já famosas máscaras KN95.  

Um importante indicador de desempenho da Project N95 é a capacidade de atender mais pessoas em um período menor, abordando a questão fundamental do atraso entre a oferta e a compra. Com a nova infraestrutura do ambiente do seller que a VTEX oferece, a organização fortaleceu o seu relacionamento tanto com os seus consumidores quanto com os sellers, oferecendo preços competitivos, prazos de entrega e quantidades disponíveis.  

Um novo visual 

No que diz respeito à implementação e ao projeto da arquitetura, a VTEX criou um sistema fechado no marketplace para permitir separar os profissionais de saúde dos não profissionais de saúde e adequar os produtos aos grupos específicos. Em resumo, seja você uma instituição ou empresa da área de saúde que precisa suprir o seu pessoal com equipamentos profissionais ou você é o indivíduo comum que quer comprar algumas caixas de máscaras, que não por atacado, o marketplace da Project N95 atenderá às suas necessidades, independentemente da sua natureza. 

Tivemos 15.000 a 20.000 cadastros em três dias, com pessoas recebendo e-mails e senhas. Tudo isso correu muito bem dentro da VTEX. A Project N95 foi capaz de lidar não apenas com as opções de marca, mas também com nosso sistema fechado de cadastro. Não ficamos nada decepcionados com a ferramenta. 

Amy Petersen, Gerente de Projeto da Project N95

Como a arquitetura do marketplace da Project N95 funciona, afinal de contas? Bem, é bastante simples: os profissionais da linha de frente e de saúde podem encontrar e comprar produtos que precisam, similar à maioria das experiências de compras de ecommerce. O marketplace da Project N95 segrega seus clientes em duas categorias, clientes da área de saúde e os não clientes da área de saúde, com base em um formulário que eles preenchem quando navegam no site da loja, este separado por um ID de segmentação. Isto é chamado de “Política Comercial”: para cada categoria de cliente, o marketplace da Project N95 terá uma política específica.

Dependendo dos sellers e do seu estoque disponível, o marketplace pode selecionar quais fornecedores serão capazes de vender para os grupos de clientes, os da área da saúde e não-saúde. O ID de segmentação será o indicador de qual nicho um determinado cliente se encontra. Cada fornecedor terá seu ambiente VTEX, o que significa que ele terá suas próprias regras de incorporação, preços e OMS. Estes ambientes serão limitados às funções de acesso previstas pela Project N95.

Um novo visual leva a melhores resultados

O novo marketplace impulsionado pela VTEX fornece um meio claro e fácil de vender com um formato de preço exibido em que os clientes podem facilmente fazer pedidos. Com um storefront bem construído e um suporte digital adequado para pedidos de grupo, a Project N95 pode usar o sistema para vender milhares de unidades a cada mês e hospedar as transações facilmente. O Sistema de Gerenciamento de Pedidos permite que a Project N95 processe e dê suporte a pedidos em uma escala muito maior.

Esta nova arquitetura permitiu que a Project N95 ampliasse a base de produtos, adicionando produtos que são menos susceptíveis de serem encomendados por atacado, como desinfetantes e produtos para higiene das mãos, e trajes reutilizáveis de alta qualidade que são produzidos nos Estados Unidos. Através do modelo de seller multi-tenant, a Project N95 foi capaz de expandir seu alcance para os seus clientes, oferecendo uma maior gama de produtos. 

Conseguimos ir além do foco de cuidados básicos de saúde que tínhamos nas etapas iniciais. Isso nos permitiu realmente expandir a nossa loja para todos. 

Amy Petersen, Gerente de Projeto da Project N95

Entre os muitos benefícios da nova arquitetura oferecida pela VTEX e pela Loop, há uma experiência melhorada para o cliente. A mudança de um marketplace de leilão reverso para um site de comércio B2B-B2C e marketplace melhorou a experiência do cliente e resolveu as limitações dentro do modelo de negócios anterior. Os pedidos no dia de lançamento do site MVP aumentaram um volume médio de 100% devido ao processo de checkout mais fácil, e as consultas dos clientes para pedidos foram reduzidas em 20%. 

A VTEX nos ajudou a entregar 3,5 milhões de EPIs em todo o país em apenas três meses. Isso é inacreditável.

Amy Petersen, Gerente de Projeto da Project N95

Agora, a Project N95 está olhando para o futuro, totalmente equipada para enfrentar a alta demanda por unidades de EPI nos Estados Unidos e em todo o mundo. Enquanto o vírus continua a se espalhar em diferentes ritmos pelo mundo, as pessoas ainda estão tentando combatê-lo em cada país, em cada continente, e a organização está aqui para apoiar, responder e entregar a seus clientes, sejam eles grandes ou pequenos. 

Continue lendo: artigos relacionados
Histórias de Clientes

Loja do Flamengo integra estoque ao Mercado Livre em 8 dias e alcança 4º lugar em vendas em primeiro mês no marketplace

Somente com a ação de lançamento da camisa oficial do time na plataforma, a loja registrou aumento de…

Mariana Boese
Mariana Boese
Histórias de Clientes

Em um ano e meio, a Electrolux conseguiu alcançar, com seu ecommerce, o que havia planejado para cinco anos.

Estabelecer e consolidar um canal digital de vendas é um plano que muitas empresas começaram a desenvolver já…

Miguel Garzón
Miguel Garzón
Histórias de Clientes

Como a rede de supermercados Tía utilizou o ecommerce para manter as vendas durante o lockdown

Tía, uma empresa equatoriana fundada por dois imigrantes checoslovacos em 1940, cresceu de uma pequena empresa familiar para…

Lalo Aguilar
Lalo Aguilar
Histórias de Clientes

PicPay Store ganha marketplace com tecnologia headless da VTEX

O PicPay investiu na tecnologia pronta e headless da VTEX para, em menos de 5 meses, proporcionar uma…

Elias Moura
Elias Moura
Histórias de Clientes

Mondelēz: Adotando o ecommerce de CPG com uma operação digital B2B2B

Com operações em mais de 80 países e marcas icônicas como Oreo, Milka e Toblerone em seu portfólio…

Andreea Pop
Andreea Pop
Histórias de Clientes

Samsung Electronics acelera go to market na América Latina com a VTEX

A solução VTEX IO foi a escolhida pela gigante sul coreana Samsung Electronics para conciliar toda sua complexa…

Mariana Boese
Mariana Boese
Histórias de Clientes

Grupo Soma acelera marketplace próprio em parceria com Conecta Lá e VTEX

Um dos grupos de maior relevância no cenário nacional quando o assunto é varejo de moda, o Grupo…

Conecta Lá
Conecta Lá
Histórias de Clientes

Supernosso eleva patamar de atendimento no delivery com VTEX Tracking

O Grupo Supernosso é uma das 20 maiores empresas do setor supermercadista brasileiro, de acordo com o ranking…

Mariana Boese
Mariana Boese
Customer Stories

A receita de vendas da Logitech Argentina aumenta mais de 2000% graças à alta demanda por acessórios de computador

Teclados sem fio, bons microfones e fones de ouvido, mouse, suporte de computador, webcams e muito mais –…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Veja Mais
Registro feito com sucesso