Tendência

Vencedora do VTEX Accelerator, Photoslurp associa UGC ao ecommerce

Lalo Aguilar
Lalo Aguilar September 23, 2021
Vencedora do VTEX Accelerator, Photoslurp associa UGC ao ecommerce

As redes sociais transformaram milhões de pessoas em criadores de conteúdo durante a última década. A ascensão dos influenciadores revelou que as pessoas desejam consumir conteúdo curado e criado por pessoas como elas, mas as equipes de marketing ao redor do mundo não encontraram de fato uma maneira de se beneficiar desta tendência.

A Photoslurp, vencedora da segunda edição do VTEX Accelerator, encontrou uma maneira de colocar o conteúdo gerado pelo usuário (UGC) em destaque na experiência de ecommerce. Como? Integrando imagens de mídia social nos sites e páginas de produtos das empresas.

A ideia certa, com um “porém”

A Photoslurp foi criada em 2013 como uma solução tecnológica que permitiu a troca de fotos tiradas em eventos sociais. O “Photoslurp 1.0”, como a empresa chama, procurou diferentes redes sociais, como Instagram e Twitter, para criar álbuns compartilhados de fotos tiradas em eventos privados, como casamentos, aniversários, etc. Posteriormente, os álbuns foram disponibilizados no Dropbox. 

Na época, a Photoslurp não teve o impacto que esperava, e fechou. Quando isso aconteceu, um dos poucos usuários da tecnologia perguntou se ela poderia ser reestruturada de modo que procurasse por imagens com certas hashtags e, depois, em vez de compartilhar os álbuns, usasse as imagens para experiências de ecommerce. Foi quando nasceu a versão atual da Photoslurp, e também quando ela conseguiu seu primeiro cliente. 

Em novembro de 2014, quatro marcas, todas da mesma matriz, estavam pagando pelos serviços da Photoslurp, então a start-up começou a incluir parceiros e a buscar uma estratégia de go-to-market. A Photoslurp foi lançada oficialmente em maio de 2015.

O boom do ecommerce

Cinco anos depois, 2020 foi um ano importante para o crescimento do ecommerce em todo o mundo e a Photoslurp não ficou para trás. Apesar do primeiro semestre ter sido desafiador, o segundo semestre trouxe uma quantidade impressionante de novas empresas interessadas em UGC. Melhor ainda, algumas delas eram de mercados e setores que a Photoslurp nem sequer havia considerado.

“Quando começamos, tínhamos dois clientes. Agora, temos mais de 300 marcas em 28 países, que incluem Austrália, Hong Kong, Turquia, Emirados Árabes Unidos, Estados Unidos, Canadá, Colômbia, Chile, Peru, Brasil e México.”

Eulogi Bordas, CEO e cofundador da Photoslurp

Bordas revelou que, no início, as empresas interessadas em UGC eram principalmente do setor da moda, mas depois a maquiagem e o vestuário esportivo também entraram na onda, e agora os móveis e o varejo estão começando a notar a tendência. 

O poder do conteúdo gerado pelo usuário

Com um amplo portfólio de clientes, a Photoslurp tem conseguido provar seu valor em diferentes categorias de produtos com uma métrica-chave: a taxa de conversão. A média entre todos os seus clientes é de um crescimento de cerca de 15%, mas há exemplos muito mais impressionantes. A TAF México, o maior varejista de tênis no país e na América Latina, e com renome global, é um deles.

“A empresa estava procurando este vínculo com os usuários, e ter o usuário desempenhando um papel importante é fundamental para o que fazemos como marca. Conhecemos o valor que o UGC tem atualmente e sabemos como nosso cliente interage com as marcas e as mídias sociais, por isso quisemos nos envolver com esse cenário.”

Samuel Martínez, Gerente de Marketing da TAF México

A TAF sabia que seu público era especialmente aberto ao conteúdo de UGC, e que eles tendiam a reagir melhor a cenários da vida real do que a imagens profissionais nos perfis das mídias sociais da empresa. 

“Quando fazemos uma apresentação para clientes potenciais, dizemos a eles que ajudamos a impulsionar as vendas e aumentar a porcentagem de pessoas que compram em seu site. Com a TAF, vimos que as pessoas que interagem com UGC têm uma probabilidade 2,3 vezes maior de comprar algo em comparação a pessoas que não interagiram com este tipo de conteúdo.”

Eulogi Bordas, CEO e cofundador da Photoslurp

A TAF havia migrado para a VTEX Commerce Platform em julho de 2020, e estava ansiosa para testar uma seção de UGC desde a criação de seu site. Ela analisou duas soluções diferentes e finalmente escolheu a Photoslurp, em parte devido à facilidade de sua integração com a VTEX.

A Photoslurp ajudou a TAF a aumentar seu engajamento com os clientes, um engajamento peculiar no qual a varejista multimarcas conseguiu realmente conquistar o reconhecimento e a lealdade de seus compradores, que constantemente a mencionam como uma referência no mercado de tênis — um feito notável em um país de loucos por tênis, como o México. 

O impacto da implementação da solução da Photoslurp tem sido tão impressionante que eles admitem que o marketing da TAF ainda não está promovendo a ferramenta, visto que ela está envolvida na jornada do cliente e dando resultados por si só. Ainda assim, a TAF não desistiu desta promoção, e a empresa sabe que, quando isso acontecer, a ampliação da mensagem terá um impacto ainda maior em sua comunidade de “amantes de tênis”.

Photoslurp e VTEX Accelerator

Recentemente, uma nova oportunidade de crescimento surgiu para a Photoslurp, que participou da segunda edição do VTEX Accelerator em maio do ano passado. O interesse da equipe e sua exaustiva preparação resultaram na nomeação da empresa como uma das duas vencedoras da referida edição. Até agora, a equipe teve quatro sessões de mentoria com a equipe da VTEX, com forte foco na expansão latino-americana. O mais importante, entretanto, é que a solução da Photoslurp já está disponível na VTEX App Store, assim como as ideias dos outros três finalistas do Accelerator (i.e. Usedesk, ChatCenter e BrainDW).

Em suas duas edições anteriores, o VTEX Accelerator apresentou um total de 538 aplicações de mais de 44 países, mas sempre há mais espaço para inovação no comércio. Se você conhece uma start-up que pode se interessar em participar do VTEX Accelerator, as inscrições para a terceira edição estão abertas até o dia 14 de novembro e podem ser feitas aqui.

Continue lendo: artigos relacionados
Tendência

O Varejo já está no Metaverso

Talvez a sua primeira interação com a palavra metaverso tenha sido com alguma notícia sobre o Mark Zuckerberg…

R2U
R2U
Tendência

Metaverso: o futuro do Social Commerce?

Disclaimer: este material foi desenvolvido a partir do conteúdo apresentado pela(s) marca(s) citada(s) durante o VTEX DAY 2022…

Isabella Feitosa
Isabella Feitosa
Tendência

Conheça os principais benefícios do Live Shopping

O Live Shopping (LS) será um dos canais mais promissores para o ecommerce nos próximos anos. Há um…

Lalo Aguilar
Lalo Aguilar
Tendência

Como adaptar o ecommerce às novas restrições do Pix feitas pelo Banco Central do Brasil

Benefícios do Pix para o ecommerce  Desde seu lançamento, em novembro de 2020, o Pix tem facilitado as…

Camila Isibara
Camila Isibara
Tendência

Como conteúdos interativos compráveis estão mudando a cara das compras online

Esta história é bem antiga: as marcas querem ser vistas por seus clientes e público-alvo, independente de estarem…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Tendência

O futuro do varejo chegou

O comércio digital cresce de maneira consistente, ano após ano, em todas as regiões do mundo. Porém, principalmente…

Rafa Forte
Rafa Forte
Tendência

Quais as novidades do “compre agora, pague depois”?

Discutimos anteriormente o que é o fenômeno do “compre agora, pague depois” (também conhecido em inglês como Buy…

Andreea Pop
Andreea Pop
Tendência

É hora de converter mais com conteúdo gerado pelo usuário (UGC)

Coloque-se no lugar dos seus clientes. Você está navegando em uma loja de ecommerce em busca de uma…

Carolina Martin Guitart
Carolina Martin Guitart
Tendência

Social selling na indústria da moda

Comprar e vender sempre foram atividades sociais. Muito antes das redes sociais surgirem, as pessoas já engajavam em…

Larissa Coelho
Larissa Coelho
Veja Mais
Registro feito com sucesso