Customer Stories

Sorte Online registra aumento de 153,86% na taxa de conversão orgânica com headless da VTEX

Isabella Sgorlon
Isabella Sgorlon September 15, 2023
Sorte Online registra aumento de 153,86% na taxa de conversão orgânica com headless da VTEX

Através da migração para a VTEX e do desenvolvimento do seu ecommerce em arquitetura headless, a Sorte Online passou a contar com uma loja mais escalável, além de flexibilidade para aprimorar a experiência de compra do seu consumidor. Entenda, a seguir, o que a marca almejava com o novo projeto e como a proposta de headless commerce a atendeu.

Sobre a Sorte Online

Criada em 2003, a Sorte Online é um site de inovação no mercado de loterias federais, no qual é possível realizar apostas 24 horas por dia, 7 dias da semana, com a segurança de ter seus palpites registrados e poder contar com diversas formas de pagamento, sem precisar enfrentar filas. 

Seu principal objetivo, sobretudo, é facilitar a vida do apostador, para que não seja necessário que ele vá até uma casa lotérica. Além disso, a empresa se posiciona como a primeira Bet Tech brasileira, sendo pioneira em utilizar a tecnologia para promover mudanças significativas neste segmento. 

Desenvolvimento da loja Headless

Por se tratar de uma loja que recebe alto número de pedidos, apuração de resultados, distribuição, resgate de prêmios, entre outras coisas, a marca precisou sair da arquitetura monolítica para uma de microsserviços, a fim de poder atender os seus usuários de maneira personalizada, fluida e segura. Sendo assim, visando aprimorar a sua performance e contar com mais liberdade de customizações e integrações, a Sorte Online optou pela VTEX, plataforma robusta que permite a implementação de lojas no modelo headless. 

Para a execução do projeto, a marca contou com a expertise do time M3, a Cadastra Company, empresa especializada em implantação e evolução de ecommerce B2C, B2B, Marketplace, Cross Border e Omnichannel na VTEX, estando entre os parceiros do ecossistema da plataforma, com profissionais de alto nível técnico.

Desenvolvendo o projeto em arquitetura headless, os especialistas da agência parceira consumiram a VTEX para obter produtos, categorias, banco de usuários, métodos de pagamento etc. Além disso, escolheram o framework Next.js para atender o front-end – também usado por outros grandes players do mercado, como The Washington Post e Walmart -, possibilitando, assim, alta performance nas entregas das páginas, além de boa capacidade de volume de dados.

Atualmente, o site está em processo de integração com outros meios de pagamento em seu checkout, e por ser uma loja headless, é possível reutilizar as soluções já construídas no projeto, facilitando conectar a funcionalidade de crédito, por exemplo. 

Portanto, graças à flexibilidade da arquitetura headless, foi possível atender de maneira satisfatória um cliente fora dos padrões de ecommerce. Com isso, a empresa conseguiu manter a sua autonomia sob o produto, e ao mesmo tempo, usufruir da alta escalabilidade fornecida pela VTEX.

Como parceira da AWS, a VTEX desenvolve soluções de comércio digital eficientes e personalizáveis. A solução da VTEX utiliza tecnologias como o Amazon Elastic Kubernetes Service e o AWS Elastic Beanstalk para aplicativos baseados em nuvem e gerenciamento de servidores API, o Amazon CloudFront, para fornecer conteúdo próximo de onde os compradores estão, e sistemas de aprendizado de máquina baseados no Amazon RedShift para ajudar os comerciantes parceiros a melhorar suas experiências de compra.

Desafio no desenvolvimento do projeto

Como todo projeto, é normal que durante a sua execução surjam alguns empecilhos. No cenário da Sorte Online, um dos principais desafios na implantação em headless foi conseguir adaptar as tecnologias oferecidas pela VTEX para dentro das necessidades da marca, sobretudo, por não se encaixar dentro de um modelo de produto convencional. 

Afinal, a loja atua com componentes específicos, como apostas individuais, que demandam mais controle sobre o front, além de conteúdos dinâmicos, como páginas de loterias, páginas de resultados, notícias, estatísticas etc, alterando, portanto, o padrão de execução de uma loja headless tradicional.  

Mesmo com essas particularidades, não houve limitação para adequar a plataforma ao panorama da Sorte Online, e sem dúvidas, um dos motivos foi a flexibilidade conferida pela VTEX.  

Resultados

Hoje, a Sorte Online conta com dois sites, um desenvolvido em arquitetura headless e o outro na tecnologia antiga – legada. Por estarem nesse sistema de negócio há 19 anos e sua principal atuação ser no digital, eles optaram por seguir com uma migração gradual. Sendo assim, traçaram um plano que liberasse o site novo para a base de usuários aos poucos, prevenindo qualquer tipo de risco que a migração pudesse gerar. A seguir, você poderá conferir algumas comparações de dados obtidos no mesmo período em cada uma das lojas.  

Após a implantação de seu ecommerce headless, a Sorte Online obteve resultados significativos na taxa de conversão orgânica, direta e paid media. Para se ter uma ideia, em maio deste ano, a loja registrou 30,21% de taxa de conversão no tráfego orgânico, enquanto o e-commerce na tecnologia legada registrou apenas 11,90%.

Com relação ao tráfego direto – usuários que acessam o site por meio da URL -, a loja headless obteve 29,85% de taxa de conversão, ao passo que o e-commerce antigo apresentou 18,35%. Já em relação ao paid media – tráfego pago -, a Sorte Online registrou 5,26% na tecnologia legada, em março, e 6,7% de conversão na loja headless, em maio.

Dados como esses comprovam o potencial que o headless commerce apresenta para potencializar os resultados do seu negócio. 

“A M3 é peça-chave no time que implementou nossa nova loja VTEX, 100% headless, e não poderíamos estar mais satisfeitos com o resultado. Como um dos projetos pioneiros de natureza headless, certamente tivemos alguns desafios, e a M3 sempre esteve pronta para sugerir o melhor caminho de solução e arquitetura.”

Felipe Maximino – Tech and Product Director at SorteOnline 

*Todos os números e informações apresentados neste artigo foram fornecidos e aprovados pela Sorte Online.

Continue lendo: artigos relacionados
Customer Stories

Grupo DPSP foca na rentabilidade de negócio com solução omnichannel da VTEX

Aproximadamente 15% das vendas digitais do grupo farmacêutico passam pelas lojas físicas O Grupo DPSP, resultado da fusão…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Customer Stories

Farmácias São João lança novo APP e alcança 40% da receita do digital

Apostando em uma solução SaaS, o novo aplicativo, que foi desenvolvido pela Kobe, e usa a VTEX como…

Kobe Apps
Kobe Apps
Histórias de Clientes

Conheça a estratégia B2B da Stanley Black & Decker

O caso de sucesso da Stanley Black & Decker com a VTEX começou no Brasil e a operação…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Histórias de Clientes

New Balance migra para a VTEX e dobra a conversão do site

Após processo de migração de apenas um mês, New Balance ganha eficiência e flexibilidade, simplificando a operação e…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Histórias de Clientes

Sonho dos Pés aumenta a receita em 147% com o VTEX Live Shopping

Durante a transmissão ao vivo, mais de seis mil pessoas assistiram à apresentação das principais ofertas de Black…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Histórias de Clientes

A jornada de expansão da Motorola para digitalização do B2B

A entrada da Motorola no mercado B2B ocorreu aproximadamente há quatro anos. Nesse período, foram realizados muitos testes…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Customer Stories

Lojas REDE transforma lojas físicas em centros de distribuição com o VTEX Sales App

Nos dois primeiros meses usando o VTEX Sales App, a marca conseguiu recuperar mais de 3 mil vendas…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Customer Stories

Saiba como o Grupo Soma utiliza a VTEX como diferencial para a jornada de compra 

Utilizando a plataforma VTEX como back bone do seu comércio digital, o Grupo Soma, atualmente com mais de…

Fernanda Chilaze
Fernanda Chilaze
Customer Stories

Entenda a importância da  evolução da plataforma VTEX para a C&A

Conversamos com Paulo Correa, CEO da C&A Brasil, uma das maiores varejistas de moda do país e cliente…

Fernanda Chilaze
Fernanda Chilaze
See More