Blog VTEX - Content marketing: sua marca é uma influenciadora do seu público?

Content marketing: sua marca é uma influenciadora do seu público?

Pedro Araujo
Pedro
12 jul 2018
Reading Time: 3 min

O marketing tal qual conhecíamos vem passando por uma grande revolução. Na esteira das grandes inovações que transformaram as relações humanas, plataformas digitais como mídias sociais e dispositivos móveis transformaram-se naquilo que Marshall McLuhan, intelectual canadense e pai dos estudos da comunicação de massa, chama de “extensões do homem”, pois amplificam a capacidade de atuação das pessoas.

O que isto quer dizer? Que o digital mudou o tipo de conversa que as pessoas têm não apenas entre si, mas, sobretudo, com suas marcas favoritas. Hoje, o consumidor tem acesso a informação literalmente na palma de sua mão e não se contenta mais com conteúdos pasteurizados que anúncios tradicionais ou informes publicitários lhe entregam. Se antes estas eram ferramentas eficientes, hoje elas causam efeito contrário: fazem com que as pessoas se sintam “enganadas”.

A comunicação deixou de ser uma via de mão única

Em vários sentidos, os consumidores agora são protagonistas dos debates feitos via redes sociais, web, vídeos, podcasts ou blogs. Suas contribuições, inclusive, podem se constituir em grandes assets para as marcas direcionarem sua comunicação com seu público alvo. Por isso mesmo é importante, mais do que nunca, que as marcas desenvolvam materiais que sejam inteligentes, direcionados e relevantes.

Tomemos como exemplo a história que, segundo o Content Marketing Institute, foi a gênese da modalidade.

Em 1895, um fazendeiro chamado John Deere lançou uma revista chamada “The Furrow” para dar a seus colegas dicas sobre como seus negócios poderiam ser mais lucrativos.

Foi a partir desta magazine que a marca que leva o nome de seu fundador se tornou uma das companhias globais mais conhecidas no setor de tratores e equipamentos agrícolas. O mais curioso é que a Furrow ainda hoje é publicada em 12 línguas diferentes em mais de 40 países.

Bem, o que estou querendo dizer é que a razão do sucesso da Furrow foi simples: levou conteúdo relevante ao público certo. Se Mr. Deere houvesse escolhido escrever um informe publicitário conclamando a vizinhança a adotar suas ideias simplesmente “porque era bom”, provavelmente a tática teria sido tragada em meio a outros panfletos que eram distribuídos na época.

“Mas por que é tão relevante? ”, você pode se perguntar.

O conteúdo de hoje precisa convencer o público e não impor uma ideia

O óbvio precisa ser dito: no ambiente hipercompetitivo de hoje, empresas que querem seu lugar ao sol devem se posicionar como trend setters. O que isto quer dizer? Se você quer realmente se tornar um empreendedor de vanguarda, você precisa ser também um influenciador.

Se você não é capaz de influenciar, também não será capaz de convencer as pessoas a aderir à sua marca. Pior: você sequer conseguirá que seu time vista a camisa de sua empresa e, dessa forma, sua companhia estará fadada ao ostracismo.

marketing de conteúdo causa impacto porque te ajuda a construir a reputação como referência para seu público. Mas daí vem a pergunta: como fazer? O que é preciso para impactar o comportamento das pessoas?

Entregando valor. Pura e simplesmente.

A chave é geração de valor agregado

Se você quer ser influente, é fundamental dar às pessoas algum tipo de valor, afinal, ninguém vai se deixar levar por alguém que eles não admiram.

É só parar para pensar: quem são ou foram as pessoas que mais te influenciaram, quer pessoalmente ou profissionalmente? Sua resposta provavelmente é alguém que você valorizava bastante. Em outras palavras, houve um impacto positivo, o conteúdo absorvido foi relevante.

É por isso que o marketing de conteúdo não pode ser subestimado. Quando você produz materiais que agregam valor, respondem a perguntas pertinentes ou resolvem problemas, você está influenciando as pessoas. Você está entregando informação rica sem exigir nada em troca. Ou melhor… seu prospect se tornará um lead em potencial de bom grado, sem se sentir coagido, algo que hoje a publicidade tem mais dificuldade em entregar do que em outros tempos.

Assim sendo, toda empresa, não importa qual o seu tamanho, deve criar conteúdos relevantes e úteis que vão trazer consigo bons benefícios para seus clientes e gigantescos retornos à sua empresa.

E como está a estratégia de conteúdos em sua companhia? Você consegue ser uma referência positiva naquilo que produz e, com isso, atrair o interesse de prospects, leads e clientes? Traga os seus exemplos para os comentários aqui e nas redes sociais.

Aproveite também para conferir nosso Webinar: Como inovar no marketing do seu e commerce, que, entre outras ações, também destaca a importância de um conteúdo que gera valor.