Estratégia

Ampliando os seus canais de venda através do marketplace

Luciano Santos
Luciano Santos September 17, 2021
Ampliando os seus canais de venda através do marketplace

No ano de 2020, o ecommerce atingiu o marco histórico de R$ 87 bilhões em vendas no Brasil, um valor que, se comparado com o ano de 2019, representa cerca de R$ 26 bilhões a mais, de acordo com o Ebit.

Nesse sentido, é nítido o grande avanço das vendas online em 2020, principalmente por conta das peculiaridades enfrentadas durante a pandemia, expondo as pessoas a uma realidade de restrição.Sem que pudessem sair de casa, consequentemente, as pessoas passaram a olhar para as compras através da internet uma a uma, ou senão como a sua única alternativa.

Falando exclusivamente de marketplace, por exemplo, as vendas nesse setor representaram R$ 73 bilhões versus R$ 48 bilhões no ano de 2019, ainda de acordo com o Ebit.

Se não considerarmos o GMV, os segmentos que mais cresceram nesse período foram os de moda e acessórios, que tiveram maior representatividade em quantidade de pedidos e um crescimento de 15% ano sobre ano.

Diante desses dados, é impossível negar o valor do marketplace para os lojistas – por isso, trazemos a seguir algumas dicas e insights para ajudar você a ampliar os seus canais de vendas através do marketplace. Continue lendo!

O que um lojista ganha ao estar dentro de um marketplace?

O marketplace vem crescendo mais do que o mercado em si, isso é fato. Fazendo uma comparação, somente em 2020 o ecommerce de modo geral cresceu 41%, enquanto os grandes players de marketplace cresceram 52%, de acordo com um levantamento do Ebit.

Nesse sentido, os lojistas que ainda não incluíram os marketplaces na sua estratégia de vendas podem estar perdendo grandes oportunidades.

Afinal, de acordo com um estudo da Gartner, metade das pessoas pesquisam diretamente dentro de marketplaces, como a Amazon, quando estão à procura de um produto e não no Google. Isso significa que além de ser um canal importante de vendas, o marketplace também é um canal em que o cliente está sempre presente, fazendo pesquisas e buscando produtos.

Se as vantagens acima ainda não convenceram você a adotar o marketplace como uma estratégia de ampliação dos seus canais de vendas, confira a seguir quais são as principais tendências no setor:

  • As lojas online estão migrando e se tornando marketplaces;
  • Os grandes players estão em um ritmo de crescimento maior do que as lojas online;
  • E, por fim, os seus clientes estão nesses grandes marketplaces.

Além de todos esses fatores, a compra de mídia online, seja no Google Ads ou Facebook Ads, por exemplo, exige cada vez mais que os lojistas gastem mais dinheiro e tenham conhecimentos completos e complexos acerca da gestão dessas ferramentas.

Logo, uma das grandes vantagens para um lojista ingressar em um marketplace é aproveitar a audiência, visibilidade e tráfego já consolidado do player, tornando esse processo de construção de marca mais eficiente, do ponto de vista de gestão da empresa de forma geral, principalmente para as pequenas empresas que ainda não estão consolidadas no mercado e são pouco conhecidas.

Quais são os principais desafios de um seller ao vender em um marketplace?

Sair da sua própria loja virtual e entrar em um marketplace é como sair da sua casa para a casa de outra pessoa. Você sabe que precisa ter certos cuidados e uma atenção redobrada, afinal você não está no seu próprio ambiente.

Nesse sentido, estar em um marketplace exige que você redobre o cuidado com o cadastro dos seus produtos, se adeque e se atente aos detalhes para conseguir expor o seu trabalho de forma efetiva neste canal.

Logo, os principais desafios (e recomendações) dos sellers em marketplaces, são:

  • Manter a qualidade e agilidade na entrega: Se você não cumpre o que promete, pode gerar problemas para a sua loja no marketplace. Afinal, o cliente e a plataforma estão avaliando você, pois a marca da plataforma também está em jogo. Nesse sentido, é preciso ter um cuidado maior, cumprir os prazos para ganhar boas avaliações, além da atenção do consumidor e, assim, subir de nível no marketplace;
  • Ter uma operação focada no marketplace: Essa é uma maneira eficaz de não cometer falhas nos processos dentro do marketplace, como problemas de estoque por exemplo, pois qualquer erro pode gerar uma baixa na sua pontuação. Nesse sentido, ter um software eficiente para gerenciamento de pedidos pode ser bastante útil na organização da empresa e evitar contratempos que podem reverberar na sua reputação dentro do marketplace;
  • Construir uma relação de confiança com a plataforma: Quebrar essa confiança complicaria a sua relação com o marketplace onde você está inserido. Afinal, você estará exposto a milhões de usuários e isso poderá gerar muitas vendas e profissionalizar o seu negócio, mas necessita de uma atenção cada vez maior, pois a marca da plataforma não deseja perder a sua essência. Portanto, cada marketplace tem as suas próprias regras e exige que todos os sellers mantenham um padrão alto de qualidade, uma boa relação e boas avaliações;
  • Responder perguntas de maneira rápida: Os seus potenciais clientes têm dúvidas e, portanto, exigem que você responda o mais rápido possível e de maneira gentil, cordial e personalizada , sem ser muito direto ou seco.

Pense no marketplace como um shopping. Geralmente esses lugares têm um cuidado redobrado com o mix de lojas, colocam ar condicionado, flores, um cheiro diferente, vendem comida e fazem de tudo para você ficar o máximo possível ali dentro.

Além disso, as lojas presentes se preocupam em se destacar, utilizando uma sacola com um design diferenciado, um ambiente bacana e bom atendimento. No marketplace isso não pode deixar de existir e os sellers precisam adaptar a sua experiência para o digital, trazendo elementos que vão levar ao engajamento e conexão entre o cliente e o seller, além de integridade e comunicação.

O importante é não esquecer que a compra não termina no checkout, essa experiência vai além da venda e é importante seguir mantendo a comunicação com o cliente e garantir uma boa entrega.

VTEX + Enjoei: Como esta parceria pode ajudar as empresas parceiras VTEX a ampliar os seus canais de venda

A VTEX e o Enjoei fecharam uma parceria para realizar o lançamento da nova plataforma do Enjoei focado em marcas de moda B2C, assegurando o desenvolvimento econômico e a inovação, sem deixar de proporcionar a circularidade dentro da plataforma.

Além disso, essa colaboração oferece inúmeras vantagens às marcas, aproveitando a base fiel de consumidores, o grande volume de visitas do site e a altíssima recorrência e fidelização dos usuários da plataforma.

É muito simples e fácil fazer a sua integração com a nova plataforma do Enjoei e começar a vender neste novo marketplace. Siga o passo a passo:

Dentro do marketplace do Enjoei, faça o seu cadastro de afiliação;
Em seguida, você receberá uma chave de acesso;
Agora, é só configurar esta chave no seu painel admin VTEX e começar a integrar os seus produtos de forma automática.

Depois de feita a integração, você poderá aproveitar todo o seu cadastro já realizado. Os produtos serão enviados para o Enjoei e a integração se encarregará de manter todas as informações de estoque e preço sincronizadas, evitando que haja erros de vendas.

Desta forma, todas as vendas que acontecerem no Enjoei, cairão no seu painel automaticamente.

Além disso, você poderá criar políticas comerciais específicas, tabelas de preços e até mesmo regras de negócio diferentes para cada canal.

Gostou? Então, se você é um cliente VTEX, aproveite agora esta oportunidade de ampliar os seus canais de venda e faça a integração com o marketplace do Enjoei e ganhe taxa zero por 3 meses. Clique aqui para fazer o seu cadastro!

Continue lendo: artigos relacionados
Estratégia

Como garantir a melhor experiência de compra na Black Friday

Há décadas, a Black Friday é o dia de vendas mais esperado do ano nos Estados Unidos. Com…

Lalo Aguilar
Lalo Aguilar
Estratégia

Black Friday: As estatísticas mostram o que esperar do evento em 2021

Uma constatação animadora, porém preocupante para as pessoas envolvidas no comércio é que a Black Friday está bem…

Andreea Pop
Andreea Pop
Estratégia

As principais tendências de ecommerce que você deve considerar para a Black Friday 2021

À medida que a Black Friday e a Cyber Monday se aproximam, os varejistas precisam se preparar para…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Estratégia

Histórico de casos de sucesso: Clientes da VTEX durante a Black Friday

Se você tem uma operação de comércio, a Black Friday certamente é o momento mais importante do ano…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Estratégia

5 lições de omnichannel para empresas de moda

Atualmente, a maioria dos compradores são clientes omnichannel, seja no mercado da moda ou em outro setor. O…

Juliana Sánchez
Juliana Sánchez
Estratégia

Como criar um MVP para marketplaces visando velocidade e escalabilidade

Um dos objetivos de grandes iniciativas digitais é garantir rapidamente o retorno sobre o investimento na forma de…

George Chang
George Chang
Estratégia

Saiba como foi o VTEX Training Week 2021

O evento de capacitação da VTEX ocorreu de 4 a 8 de outubro e reuniu dezenas de experts…

Elias Moura
Elias Moura
Estratégia

O que os clientes estão esperando para a Black Friday 2021?

A pandemia de COVID-19 aumentou substancialmente o crescimento do comércio digital. O que também mudou com a crise…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Estratégia

Como a Unilever encara os desafios do mercado B2B

O mercado B2B passa, no Brasil e no mundo, por um intenso e acelerado processo de transformação, com…

Elias Moura
Elias Moura
Veja Mais
Registro feito com sucesso