Operações

TDE – Taxa de dificuldade de entrega: sua empresa está sofrendo com isso?

Luiz Samico
Luiz Samico October 27, 2020
TDE – Taxa de dificuldade de entrega: sua empresa está sofrendo com isso?

A cobrança de frete inclui custos que estão relacionados com a distância percorrida, o peso, medidas da embalagem e até mesmo o nível de sensibilidade do envio, mas não é só isso. Nesse custo, também pode haver taxas para cobrir os custos adicionais da operação, que se referem à Taxa de Dificuldade de Entrega (TDE)

Neste artigo, você vai entender o que é a Taxa de Dificuldade de Entrega e como ela pode influenciar na prática, as operações de entrega do seu negócio. Acompanhe a leitura a seguir! 

O que é TDE – taxa de dificuldade de entrega?

A Taxa de Dificuldade de Entrega é uma tarifa cobrada quando a empresa enfrenta algum problema para concluir a entrega da mercadoria. 

entregador rota de entregas
Foto de Norma Mortenson de Pexels

Em geral, isso acontece por uma demanda do contratante e acaba prejudicando os outros processos da transportadora. Para compensar o transtorno e os custos gerados – ou até para evitar que esse tipo de situação volte a acontecer com frequência – uma Taxa de Dificuldade de Entrega é gerada.

Em que situações ela pode ser cobrada

A Taxa de Dificuldade de Entrega é gerada quando uma demanda inesperada surge ou que vá impactar todo o processo do transportador. Existem algumas situações em que ela pode ser cobrada. Veja alguns exemplos abaixo:

  • Mercadoria enviada fora do horário comercial, levando os colaboradores a fazer hora extra;
  • Necessidade de mais de um profissional para fazer carregamento, descarregamento ou entrega;
  • Recebimento de mercadoria por ordem de chegada, em diferentes quantidades;
  • Processo de recebimento que gera filas ou muito tempo de carga/descarga;
  • Condições que ultrapassam o custo operacional.

Além de outros aspectos que podem impactar no processo de entregas, gerando custos para as empresas. Em qualquer um desses casos, a TDE pode ser cobrada. 

Cálculo e negociação da TDE

A TDE pode ser calculada de duas formas: manualmente ou automaticamente. A forma manual pode ser por meio de uma calculadora ou planilha de Excel, mas vai gastar muito tempo e não há segurança de que o cálculo estará correto. 

calcular Taxa de dificuldade de entrega
Imagem de Edar por Pixabay

O cálculo automático pode ser feito por meio de um sistema, que precisa de apenas algumas informações para entregar o resultado imediatamente, de maneira rápida e precisa. 

Além disso, a empresa deve definir um percentual fixo para a cobrança. Cada empresa define seu próprio percentual, considerando o contrato e a negociação feita com o cliente. 

Muitas empresas seguem a orientação da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC  & Logística), que é o piso de 20% ou um valor mínimo de R$ 20.

Nesses casos, o cálculo ficaria da seguinte forma:

  • R$ 80 (frete) × 20% (TDE) = R$ 16 (cobrança adicional) ou 
  • R$ 80 (frete) + R$ 20 (valor mínimo TDE) = R$ 100 (valor total do frete)

Taxa de dificuldade de entrega: efeitos na prática

Solicitações que surgem de última hora ou que prejudicam os processos logísticos, além de atrapalhar a operação, podendo causar atrasos, fazer as equipes trabalharem além do combinado, também geram muitos custos para o negócio.

A taxa de dificuldade de entrega representa um custo considerável para o negócio, sendo equivalente a ⅔ do que é pago para o transportador. Isso porque a operação tem mais despesas a cada particularidade que é adicionada ao processo. Aumenta o número ou a complexidade das exigências, aumenta também o custo da entrega. 

Ou seja, a empresa que terceiriza o processo de entrega, mas faz uma lista de exigências terá que arcar os custos delas.

Tenha menor impacto com a taxa de dificuldade de entrega

A TDE é uma taxa que impacta os investimentos da empresa com relação ao frete, principalmente quando não é possível repassar o valor para o cliente. Por exemplo, os clientes já pagaram o frete na compra do produto e por uma falha operacional sua equipe não conseguiu despachar o pedido no horário. 

caminhão de entrega roteirização
Imagem de jhenning por Pixabay

Para não atrasar a entrega, sua equipe comunica o transportador que fará o envio fora do horário comercial. O transportador gera uma TDE para a empresa, que terá que arcar com esse custo, pois o cliente já contratou o frete. Por mais que não sejam situações frequentes, geram custos que prejudicam o negócio. 

As empresas podem evitar essas cobranças. Veja algumas soluções a seguir: 

  • Reduza o número de entregas por meio da reprogramação da data de expedição e do agrupamento de pedidos;
  • Sempre que possível, repasse os custos ao cliente;
  • Busque outras alternativas de transporte, como novos parceiros ou uma frota híbrida
  • Avalie a possibilidade de fazer a entrega com veículo próprio;
  • Negocie com o transportador para trabalhar com taxas mais competitivas;
  • Invista em sistemas de gerenciamento de transportes, que permitem análises de custos, entre outros dados.

Manter a operação logística bem organizada também ajuda a minimizar os impactos de uma falha no processo de entrega e reduzir os imprevistos, que podem causar mais custos para a sua empresa.

Além da TDE, outras taxas podem incidir sobre o transporte rodoviário, impactando nos custos da sua operação. Veja algumas abaixo:

  • Taxa de dificuldade de acesso (TDA): cobrada para entregas em áreas de acesso restrito;
  • Taxa de restrição de trânsito (TRT): para pico de trânsito em determinados locais e horários;
  • Taxa de devolução: cobrada quando o cliente não aceita a carga e a devolve;
  • Taxa de armazenamento: mercadoria que é armazenada nas dependências do transportador;
  • Taxa de carga e descarga: cobrada quando o processo de carga e descarga é demorado.
  • Entre outras.

A empresa consegue ter economia com relação à taxa de dificuldade de entrega quando organiza seus processos, trabalha de forma produtiva e efetiva. A organização e o planejamento vão evitar possíveis falhas e minimizar os impactos dos imprevistos. Investir na otimização da operação é fundamental para isso e a tecnologia pode te ajudar. 

O sistema VTEX Tracking ajuda a gerenciar a operação logística de ponta a ponta. Por meio de indicadores de entrega, dados sobre transportadoras, motoristas, possibilidades de roteirização e outros recursos, o sistema torna os processos mais ágeis e proporciona uma tomada de decisão mais assertiva. Faça uma demonstração no sistema e veja como ele pode ajudar a sua empresa.

sistema gestão de entregas VTEX tracking
Continue lendo: artigos relacionados
Operações

Logística na Black Friday: conheça as melhores estratégias para aplicar nesta data

Quer ter sucesso na operação do seu ecommerce na Black Friday? Veja as estratégias de logística que podem…

Luiz Samico
Luiz Samico
Operações

bisco lança seu marketplace B2B: a última parada para o cliente B2B moderno.

Em um esforço para otimizar e apoiar a jornada de compra B2B moderna, a bisco industries lançou seu…

Bernardo Lemgruber
Bernardo Lemgruber
Operações

Como montar uma rota de entregas eficiente para seus negócios

O sucesso do processo logístico depende de diversos fatores. Veja neste artigo, como montar uma rota de entregas…

Luiz Samico
Luiz Samico
Gestão

‘Dia sem IVA’ bate recordes com aumento de 5.700% nos pedidos das lojas VTEX na Colômbia

A economia da Colômbia tem sido uma das que mais cresce na América Latina. Para manter as altas…

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade
Operações

Calendário de varejo para e-commerce: Principais datas do segundo semestre

Saiba quais são as datas mais importantes para promover o seu negócio. Confira neste artigo, o calendário de…

Luiz Samico
Luiz Samico
Operações

Acompanhar entrega em tempo real é fundamental na etapa de last mile

Estamos vivendo em um mundo cada vez mais tecnológico, o que exige que as empresas se adaptem para…

Luiz Samico
Luiz Samico
Operações

Como o custo do frete para e-commerce impacta em sua escalabilidade

Um estudo da Baymard Institute revela que 60% dos clientes desistem da compra por causa de custos com…

Luiz Samico
Luiz Samico
Estratégia

Os Correios estão em greve: e agora?

A paralisação das operações da estatal responsável pela maior parte das entregas do e-commerce pode ser uma oportunidade…

Alfredo Soares
Alfredo Soares
Operações

O impacto do UX em negócios omnichannel

Masterclass VTEX mostra que a experiência do usuário (UX) deve ser analisada de forma holística para entregar melhores…

Lorren Klinke
Lorren Klinke
Veja Mais
Registro feito com sucesso