Operações

Como o custo do frete para e-commerce impacta em sua escalabilidade

Luiz Samico
Luiz Samico August 20, 2020
Como o custo do frete para e-commerce impacta em sua escalabilidade

Um estudo da Baymard Institute revela que 60% dos clientes desistem da compra por causa de custos com frete. Em alguns casos, o custo da entrega chega a ser maior do que o preço do produto. Por isso, o frete para e-commerce é sempre uma preocupação, tanto para o cliente quanto para a empresa. 

Oferecer um frete justo é fundamental para conseguir estimular as vendas na loja e aumentar o faturamento da empresa. Neste artigo, você vai entender melhor como o custo do frete para e-commerce impacta em sua escalabilidade. Acompanhe! 

Conhecendo um pouco mais sobre frete para e-commerce

O frete tem papel fundamental em uma compra online, no entanto, não depende apenas da loja. A empresa precisa fechar parcerias com transportadoras e serviços que garantam a entrega ao consumidor. 

Esse fator é um dos mais críticos nesse processo. Para garantir que o cliente tenha diferentes opções de entrega, a empresa precisa trabalhar com diversos parceiros e, ainda assim, isso não é suficiente para reduzir os valores do frete para e-commerce. Afinal, diversos fatores influenciam, como o peso do produto, a localidade do consumidor etc.

O problema é que quando o cliente se depara com um custo alto de frete, não chega a avançar nas etapas de compra. Isso prejudica a experiência de compra como um todo, pois o cliente não tem a oportunidade de conhecer o serviço, os produtos e o atendimento, que poderiam vir a compensar o valor investido. 

Uma pesquisa da Neoassist revela que 68% dos consumidores pagariam mais caro por uma melhor experiência. Mas como oferecer isso, se o frete afasta o cliente?

Nos próximos tópicos, você vai descobrir porque o frete para e-commerce precisa de sua atenção. 

Por que o frete é um problema no e-commerce?

O frete é um problema no e-commerce por diversos fatores. A começar pela falta de mão de obra qualificada e capaz de atender todo o mercado. 

No Brasil, de acordo com dados da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre), existem pouco mais de 160 mil transportadoras atendendo as empresas. O número não é suficiente para cumprir com a demanda do e-commerce e de outros modelos de negócios.

A localização dos clientes e das empresas é outro desafio. O Brasil é um país com vasta extensão territorial. As empresas estão posicionadas em diferentes locais do mapa, assim como seus clientes. 

Ou seja, uma empresa do Rio Grande do Sul pode perder clientes do Pará, por exemplo, devido a distância, também pela falta de transportadoras que atuam na região e por causa do custo que o frete vai gerar aos seus clientes. Além disso, diversas regiões oferecem limitação e não podem receber entregas. 

O fracionamento do frete gera mais custos para o negócio, pois é mais simples transportar uma remessa para um determinado ponto do que vários pacotes para locais diferentes. Cada entrega tem um custo, que é repassado para o e-commerce e seu cliente, consequentemente. 

lasta mile ecommerce gestão de entregas vtex tracking
Foto de Claudio Schwarz no Unsplash

Para reduzir esses custos, algumas transportadoras esperam encher um caminhão para fazer determinadas entregas. Uma prática que pode acabar prejudicando o prazo de entrega e consequentemente, a experiência do cliente.

Dica: No processo de vendas online e de entregas, uma série de dados são coletados e precisam ser compartilhados. Esse fluxo de informações é alto e deve chegar com agilidade aos envolvidos no processo. Por isso, softwares de gestão (ERP e TMS/roteirizadores) e que permitam integrações são essenciais. 

Quais são os tipos de frete para e-commerce

A cobrança de frete para e-commerce depende das características dos produtos e região de entrega. Veja a seguir as principais formas de contratação. 

veiculos de transporte last mile entregas vtex tracking
Foto de Markus Winkler no Unsplash
  • Frete direto: A carga sai do centro de distribuição diretamente para o remetente, nenhum intermediário é envolvido no processo.
  • Redespacho: Contrata-se uma empresa que utilizará o serviço de outra para fazer a entrega até o cliente.
  • Redespacho intermediário: Nesse caso, mais um intermediário participa do processo. A transportadora A leva a mercadoria até a transportadora B, que conduz até a transportadora C, responsável pela entrega. 
  • Subcontratação: Semelhante ao redespacho, porém nesse caso, a transportadora contratada opta por terceirizar o serviço. A terceirizada deve fazer todo o trajeto.

As modalidades de entrega apresentam valores diferentes, variando conforme a empresa contratada e as características do produto que será entregue. 

Como é feito o cálculo do frete

O cálculo de frete para e-commerce é feito com base em quatro informações:

  • Peso;
  • Prazo de envio;
  • Dimensões da embalagem;
  • Dados de origem ou destino da encomenda.

A precificação do frete é um cálculo mais complexo e considera outros fatores. O custo pode variar de acordo com a empresa contratada, no entanto, todas vão avaliar a cubagem do pacote. 

A cubagem é o peso cubado, ou seja, a relação entre o peso do produto e o espaço que vai ocupar no transporte. Essa informação pode ser obtida por meio de um cálculo que utiliza a seguinte fórmula:

comprimento x largura x altura
_________________________
fator de cubagem 

Verifique os centímetros da embalagem e multiplique pelo comprimento x largura x altura e divida pelo fator de cubagem, que é definido pelas transportadoras. Cada uma pode trabalhar com seu próprio fator de cubagem. Em geral, as transportadoras comparam o peso físico e o peso cubado da embalagem e usam o valor mais alto. 

Atenção! É necessário ter cuidado para não colocar uma caixa muito maior do que a dimensão do produto que irá enviar ao cliente, pois assim, pagará o mais pelo frete sem necessidade.

Outros fatores também podem ser considerados no cálculo do frete, como o tamanho e o formato da embalagem. Novamente, cada transportadora pode trabalhar conforme suas próprias regras. 

Afinal, como o custo do frete para e-commerce impacta em sua escalabilidade?

A escalabilidade é o potencial que a empresa tem de crescer no mercado em que atua. Uma empresa ganha escalabilidade quando consegue automatizar seus processos, aumentar a produtividade e reduzir custos. 

gestão de entregas custo do frete vtex tracking
Foto de Scott Graham no Unsplash

Isso faz com que se torne mais competitiva, consiga investir mais em inovação e no desenvolvimento de novos produtos. Assim, a empresa atrai mais clientes e consegue crescer. 

Os custos de frete são altamente prejudiciais para a escalabilidade da empresa, pois podem se transformar em custos excessivos que acabam afastando os clientes. Dessa forma, impede o aumento nas vendas e da receita. A consequência é menos investimento no negócio e na entrega de um atendimento melhor para o cliente. 

Os benefícios da tecnologia

Neste artigo, você descobriu quais são os desafios que os e-commerces enfrentam por causa do custo do frete. Além disso, conheceu os tipos de frete e como é feito o cálculo do serviço. Explicamos como os custos de frete para e-commerce podem ser prejudiciais para o negócio, impactando na escalabilidade e impedindo a empresa de crescer. 

Você viu também, como a tecnologia é fundamental para automatizar o processo e facilitar o acesso à informação. 

A VTEX contém ótimas soluções para auxiliar a redução dos custos logísticos e de frete. Com o VTEX LOG, o lojista consegue encontrar a melhor transportadora para seus fretes, facilitando assim a gestão e contratação dos serviços. 

Já com a solução do VTEX Tracking o foco é no aumento da experiência que o consumidor tem com as entregas, possibilitando aos lojistas, uma clara vantagem competitiva frente ao seu mercado.

As duas plataformas funcionam de forma integrada, gerando dados e insights importantes para o negócio, ajudando a evitar que atrasos e falhas durante as entregas. Através desses sistemas, os gestores conseguem tomar decisões de forma mais rápida e assertiva. Assim, além de ajudar na redução de custos, poderá proporcionar uma experiência singular para o cliente e evitar que o custo do frete seja um gargalo em seu e-commerce.

Conheça todos os benefícios que nossa solução oferece para o seu negócio. Entre em contato agora mesmo com um de nossos consultores e experimente!

sistema vtex tracking monitoramento em tempo real rastrei de mercadorias gestão de entregas
Tela do sistema VTEX Tracking para o usuário

Continue lendo: artigos relacionados
Operações

bisco lança seu marketplace B2B: a última parada para o cliente B2B moderno.

Em um esforço para otimizar e apoiar a jornada de compra B2B moderna, a bisco industries lançou seu…

Bernardo Lemgruber
Bernardo Lemgruber
Operações

TDE – Taxa de dificuldade de entrega: sua empresa está sofrendo com isso?

A cobrança de frete inclui custos que estão relacionados com a distância percorrida, o peso, medidas da embalagem…

Luiz Samico
Luiz Samico
Operações

Como montar uma rota de entregas eficiente para seus negócios

O sucesso do processo logístico depende de diversos fatores. Veja neste artigo, como montar uma rota de entregas…

Luiz Samico
Luiz Samico
Gestão

‘Dia sem IVA’ bate recordes com aumento de 5.700% nos pedidos das lojas VTEX na Colômbia

A economia da Colômbia tem sido uma das que mais cresce na América Latina. Para manter as altas…

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade
Operações

Calendário de varejo para e-commerce: Principais datas do segundo semestre

Saiba quais são as datas mais importantes para promover o seu negócio. Confira neste artigo, o calendário de…

Luiz Samico
Luiz Samico
Operações

Acompanhar entrega em tempo real é fundamental na etapa de last mile

Estamos vivendo em um mundo cada vez mais tecnológico, o que exige que as empresas se adaptem para…

Luiz Samico
Luiz Samico
Estratégia

Os Correios estão em greve: e agora?

A paralisação das operações da estatal responsável pela maior parte das entregas do e-commerce pode ser uma oportunidade…

Alfredo Soares
Alfredo Soares
Operações

O impacto do UX em negócios omnichannel

Masterclass VTEX mostra que a experiência do usuário (UX) deve ser analisada de forma holística para entregar melhores…

Lorren Klinke
Lorren Klinke
Estratégia

Da moda para o mercado: Como a Miniprix se reinventou em apenas uma semana

Em tempos de coronavírus, a moda deu um passo atrás, e os varejistas do setor foram afetados. A…

Andreea Pop
Andreea Pop
Veja Mais
Registro feito com sucesso