Marketing

Você conhece todo ecossistema que engloba o marketplace?

Yasmin Azevedo
Yasmin Azevedo August 26, 2021
Você conhece todo ecossistema que engloba o marketplace?

Era difícil prever o quanto nossas vidas mudariam em um espaço de um ano – desde 2020, estamos evidenciando cenários muito desafiadores para o mundo inteiro. Lojistas precisaram se digitalizar e consumidores tiveram que se adaptar a formas remotas de compras, mudanças que aceleraram algumas tendências e alteraram completamente a forma com que o varejo se relaciona hoje com seus clientes. Isolamento social, fechamento de espaços físicos, junto às mais diversas restrições por conta do COVID-19 fizeram com que o ecommerce se tornasse a principal forma de se incentivar o consumo.

Dentro dessa perspectiva, evidenciamos o grande crescimento das vendas através de Marketplaces, que se tornaram uma ótima estratégia para os varejistas que não possuíam uma plataforma de vendas on-line consolidada. Com esse movimento, o Ecossistema de Marketplaces da VTEX também experienciou um grande crescimento, incorporando mais de 20 novos parceiros certificados em um pouco mais de um ano. Além disso, mais do que apenas aumentar a quantidade de parceiros, nós realizamos esforços contínuos para que eles prosperem cada vez mais. Afinal, o sucesso do parceiro é também o nosso!

Como podemos definir o marketplace?

O marketplace pode ser entendido como um shopping center virtual e funciona como um canal de vendas digital em que lojistas independentes colocam seus produtos à venda, usufruindo do tráfego gerado naquele ambiente virtual. Provavelmente, você já consumiu em grandes redes de marketplaces como Amazon ou Mercado Livre. Entre as diversas vantagens de aderir esse tipo de venda estão, por exemplo, uma maior visibilidade, maior credibilidade, maior valor agregado ao produto e mais variados métodos de pagamento.

Os sellers podem optar por investir em marketplace in e/ou marketplace out. No marketplace in a empresa abre seu próprio marketplace e faz a captação de sellers para que eles vendam em seu ecommerce. Já no marketplace out, as marcas buscam marketplaces já estruturados para otimizar as vendas. Algumas empresas optam por investir nas duas estratégias mutuamente.

O marketplace vai além de um canal de vendas, é um verdadeiro ecossistema que engloba diferentes ferramentas. Por isso, a equipe de Partner Marketplace da VTEX procurou categorizar as principais estratégias e criar um Ecossistema de Marketplaces.

Ecossistema de Marketplaces

  • Marketplace hub: É uma plataforma que atua como um grande centralizador das operações. Faz a integração com marketplaces, lojas virtuais e ERPs e também é um meio de gestão que permite emissão de notas fiscais, visualização dos pedidos, controle de estoque e mensagens de SAC, por exemplo. Tudo de forma automatizada. Com o hub de integração, o lojista gerencia todas as suas contas de diferentes marketplaces em uma única plataforma, otimizando processos, potencializando as vendas e evitando muita dor de cabeça.
  • Marketplace de programas de fidelidade: Os programas de fidelidade funcionam como uma espécie de “troca” entre o valor que o usuário consumiu por produtos ou serviços. A cada nova compra, o consumidor é recompensado de alguma forma pelas empresas e bancos que utilizam essa modalidade. O consumidor pode converter uma parte do que gastou em descontos, pontos, brindes e muitas outras vantagens. Antes os programas de fidelidade eram muito comuns em setores de viagens e bancos, mas atualmente há uma crescente participação do varejo e de outros setores. Essa é uma ótima estratégia para fidelizar o consumidor e aumentar a taxa de conversão.
  • Marketplace generalista: É o modelo de negócio que reúne vários produtos de diferentes segmentos em um mesmo ecommerce, trazendo um grande tráfego para os sellers e mais vantagens para os consumidores. É o caso da Amazon, onde encontramos diversos departamentos, de produtos alimentícios a eletrônicos.
  • Marketplace de nicho: Enquanto um marketplace comum vende qualquer tipo de produto, devidamente categorizado, o marketplace de nicho é um ambiente focado em determinada categoria como, por exemplo, moda, casa, esporte, pets, eletrônicos.
  • Ecommerce interativo: Neste modelo, o cliente passa por uma verdadeira experiência de compra. Como o nome diz, traz elementos interativos e dinâmicos. Podemos citar como exemplo o live shopping, em que existe a apresentação de produtos ao vivo, cupons exclusivos, interação com o consumidor e até mesmo músicas ao vivo. A compra e o entretenimento se misturam, por isso a taxa de conversão costuma ser maior. Durante a pandemia esse modelo de ecommerce se popularizou.
  • Seller Center e Showcase Store: O Seller Center é uma ferramenta para marketplaces gerenciarem seus sellers. Assim, eles podem ter os indicadores e todas as informações centralizadas, possibilitando escalabilidade e uma visão estratégica. Por outro lado, o Showcase Store é uma ferramenta para vários sellers venderem em marketplaces através de apenas uma conta, como um conglomerado de vendedores. É possível se beneficiar de uma boa reputação nos marketplaces, serviços de logística e de catalogação.

O marketplace é uma aposta incrível para se testar novos mercados e ampliar a audiência. Só na VTEX, temos mais de 25 Marketplaces parceiros, dando aos nossos clientes a oportunidade de expandir sua atuação por diversos segmentos e países diferentes. Agora que você já conhece todo ecossistema do marketplace e conseguiu identificar a melhor categoria para o seu negócio, acesse o Marketplace Network da VTEX e entre em contato com potenciais parceiros. A plataforma facilita a conexão entre marketplaces e sellers que operam no nosso ecossistema.

Escrito por Ligia Garcia e Yasmin Azevedo

Continue lendo: artigos relacionados
Estratégia

Ampliando os seus canais de venda através do marketplace

No ano de 2020, o ecommerce atingiu o marco histórico de R$ 87 bilhões em vendas no Brasil,…

Luciano Santos
Luciano Santos
Tendência

A ascensão de clubes de assinaturas no varejo

O conceito de clubes de assinatura no varejo não é novidade — ele já existia muito antes do…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Tendência

A ChatCenter, vencedora do VTEX Accelerator, está humanizando o atendimento ao cliente no ecommerce

A automatização exigida pelo ecommerce permitiu às empresas reduzir os custos relacionados com as vendas e, aos clientes,…

Lalo Aguilar
Lalo Aguilar
Tendência

O modelo de economia circular: melhores práticas para o ecommerce

A economia circular tornou-se um termo extremamente popular nos últimos anos. É vista como a solução para a…

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade
Tendência

Conversational Commerce: Uma tendência do varejo online para se adotar

Se há uma coisa que o distanciamento social imposto pela pandemia tem mostrado é que as pessoas precisam…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Tendência

Cinco características que mostram que o futuro do ecommerce é o live shopping

O live shopping, a experiência de compras online que combina transmissão ao vivo com as funcionalidades de uma…

Lalo Aguilar
Lalo Aguilar
Não categorizado

O que é live shopping?

Em 2020, os lockdowns dificultaram ou praticamente impossibilitaram o atendimento presencial nas lojas, eliminando todos os elementos que…

Lalo Aguilar
Lalo Aguilar
Tendência

Percorrer a green mile: otimizando as entregas first mile e last mile

A tendência do consumo verde está crescendo à medida que a conscientização do consumidor em combater a degradação…

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade
Tendência

Steve Blank fala sobre retenção de talentos e os novos perfis profissionais no VTEX Connect

Para o empreendedor, os setores de Recursos Humanos precisam se adaptar aos diferentes formatos e perfis que surgem…

Mariana Boese
Mariana Boese
Veja Mais
Registro feito com sucesso