Histórias de Clientes

O aplicativo de marketplace headless do Banco Inter combina compras com serviços bancários

Andreea Pop
Andreea Pop March 16, 2021
O aplicativo de marketplace headless do Banco Inter combina compras com serviços bancários

Embora o nome Banco Inter possa não soar familiar (ainda) para aqueles fora do Brasil, ele é sem dúvida reconhecido no seu país de origem. O primeiro banco totalmente digital e gratuito do Brasil oferece acesso a serviços bancários, de crédito, seguros e investimentos. Mas longe de se limitar a uma caracterização estritamente financeira, o Banco Inter aventurou-se no mundo do varejo com seu aplicativo de marketplace headless, suportado pela VTEX.

Uma solução única

Em 2014, o Banco Inter iniciou uma profunda reestruturação de suas operações de 20 anos. Acabaram os dias em que as hipotecas eram o seu principal foco; era a hora de diversificar, digitalizar e inovar. Desde então, o Banco Inter tem trabalhado constantemente para alcançar a visão de longo prazo: uma solução completa incorporando serviços financeiros e não financeiros que revolucionaria o setor bancário, colocaria o cliente como prioridade, e desafiaria outros players do setor e do ecommerce a melhorar o seu desempenho. 

Embora não seja completamente mágica, a solução do Banco Inter é a melhor coisa: digital. Ela vem na forma de um aplicativo (ou um super aplicativo, se você preferir), fácil de baixar, acessar e navegar. Nele, uma das coisas que qualquer pessoa no Brasil pode fazer é abrir uma conta digital gratuitamente, o que já foi feito por 10 milhões de brasileiros. Com uma taxa de crescimento prevista de 500.000 novos clientes por mês, o Banco Inter deverá atingir 15 milhões de usuários em 2021 e ganhar ainda mais popularidade no país.

O mais importante no grande projeto do Banco Inter, entretanto, é o fato de que, desde 2019 e graças à VTEX, os titulares das contas podem entrar na mais nova seção “Compras”, um marketplace dentro do aplicativo, e comprar produtos de uma infinidade de marcas, atualmente 113, e sem sair dele. Para completar, os compradores recebem o dinheiro de volta (cashback) em suas transações diretamente em sua conta bancária, pronto para ser usado em outro pedido ou mesmo sacado em espécie. 

O aplicativo de marketplace headless

Antes da parceria com a VTEX, o Banco Inter já tinha um aplicativo construído internamente com a maioria dos serviços financeiros disponíveis. Um número limitado de lojas parceiras também estava disponível para compras, mas a jornada do cliente não era perfeita, nem conveniente, pois ele redirecionava os usuários para o ecommerce das próprias marcas. Portanto, a parte complicada de alcançar os objetivos ousados do Banco Inter era atualizar a arquitetura existente em um marketplace totalmente integrado, oferecendo uma experiência fluida na navegação e, o mais importante, no processo de compra. 

Certamente é mais fácil falar do que fazer sem as funcionalidades tecnológicas adequadas. Em primeiro lugar, a tecnologia headless é necessária para conectar facilmente o marketplace ao aplicativo através de APIs. Em segundo lugar, as funcionalidades de marketplace escaláveis são essenciais para incorporar os sellers constantemente sem sacrificar a estabilidade. Além disso, o Banco Inter queria criar este aplicativo de marketplace headless a uma velocidade surpreendente. 

Não surpreende, então, que a VTEX, com o seu marketplace nativo, suas funcionalidades headless e um time-to-revenue recorde, tenha sido a grande vantagem tecnológica do Banco Inter. Com a arquitetura API-first da VTEX, processos complexos como a importação dos catálogos de produtos dos sellers fluíam naturalmente. Além disso, o Banco Inter teve acesso a um grande grupo de sellers por meio da base de clientes da VTEX, prontos para serem incorporados rapidamente caso ele os selecione em sua curadoria de marca. 

O conceito de cashback também foi implementado facilmente, sobretudo porque o Banco Inter estava em conformidade com o PCI devido ao seu status de banco certificado, facilitando assim a captura dos pagamentos do cliente diretamente no aplicativo. Além disso, o aplicativo do marketplace headless incorporou de forma bem-sucedida toda a comunicação do cliente (por exemplo, a fatura do pedido, acompanhamento do pedido etc). Assim, a equipe dedicada ao atendimento ao cliente do Banco Inter poderia auxiliar seus usuários em assuntos relacionados aos pedidos no marketplace, apesar de não estar envolvida no fulfillment deles. 

Durante toda a implementação, a VTEX esteve sempre a apenas um passo de distância, trazendo conhecimento e melhores práticas para uma operação totalmente gerenciada pela equipe interna de desenvolvimento de negócios do Banco Inter, semelhante a um laboratório de inovação. E, em aproximadamente dois meses desde o início do projeto, o tão esperado aplicativo de marketplace headless foi lançado, bem a tempo para as compras de Natal.

Que comece a revolução

O aplicativo de marketplace headless do Banco Inter continuou a proporcionar um sucesso estrondoso em 2020. Apenas em abril, em parte graças à pandemia do coronavírus e ao subsequente aumento das compras on-line, a receita mensal de vendas atingiu US$5 milhões, o equivalente a um aumento de 240% em comparação ao quarto trimestre do ano passado. 

Outro grande acontecimento aconteceu em julho de 2020, cortesia do próprio Inter Day do Banco Inter – imagine o Singles Day do Alibaba ou o Prime Day da Amazon ou mesmo uma mini Black Friday! Em poucas palavras, os usuários poderiam fazer compras no aplicativo de marketplace headless a preços reduzidos de marcas como Carrefour, Samsung, Unilever, ViaVarejo e Magazine Luiza. As vendas dispararam: o evento de 24 horas teve um GMV 12% maior que o do mês de junho de 2020, sem mencionar um aumento de 2,574% em relação a uma terça-feira normal. No total, os titulares das contas economizaram cerca de US$400 mil em cashback. 

“A experiência no Inter Day reforça a nossa parceria com os sellers, mostra que a VTEX é um parceiro tecnológico de primeira classe que nos ajuda a oferecer ainda mais conveniência aos consumidores”.

Rodrigo Gouveia, CEO do Marketplace do Banco Inter

Enquanto a primeira iniciativa deste tipo do Banco Inter, o Inter Day aconteceu sem nenhum problema, principalmente devido à agilidade e escalabilidade da VTEX. O aplicativo de marketplace headless não teve interrupção, colocando-se confortavelmente entre os 5 maiores clientes da VTEX, naquele dia, em termos de volume de vendas. Por incrível que pareça, todo o processo de planejamento a partir de uma perspectiva tecnológica levou apenas 10 dias, uma prova da flexibilidade da VTEX.

“Ajustamos todos os detalhes do evento com menos de uma semana de antecedência. Se não tivéssemos um parceiro muito flexível, seria impossível lidar com o aumento do tráfego no site e iríamos oferecer uma experiência de usuário muito ruim. Com a VTEX, tínhamos certeza de que não haveria problema com a infraestrutura, pois a plataforma é muito estável, altamente escalável e, ao mesmo tempo, flexível o suficiente para lidar com ações personalizadas para cada seller de uma maneira muito simples”.

Rodrigo Gouveia, CEO do marketplace do Banco Inter

O mais recente sucesso do Banco Inter foi a Black Friday de 2020, brilhantemente renomeada internamente como Orange Friday. Com as vendas do evento, o aplicativo de marketplace headless registrou transações de mais de US$62 milhões em receita durante todo o mês de novembro, repleto de descontos e ofertas. Desde a sua criação, a plataforma atingiu US$200 milhões de dólares em vendas. 

Dado o atual crescimento dos marketplaces em diversos setores de varejo (por exemplo, shopping centers, B2B), a importância de uma abordagem de comércio colaborativo no futuro do varejo e o plano do Banco Inter de implementar funcionalidades de ponta como o VTEX Intelligent Search, o seu aplicativo de marketplace headless irá crescer ainda mais e representar um imenso desafio para os bancos tradicionais. Uma revolução começou de fato.

Conheça Nossa Plataforma

Continue lendo: artigos relacionados
Histórias de Clientes

O marketplace B2B da Unilever lidera a transformação digital da indústria de bens de consumo embalados (CPG)

Os marketplaces estão se tornando cada vez mais populares, e o Comércio B2B não é nenhuma exceção. Depois…

Andreea Pop
Andreea Pop
Customer Stories

O pioneirismo do ecommerce de supermercado do Walmart Argentina

Walmart é uma marca que está intimamente ligada à VTEX. Em 2007, por exemplo, o voto de confiança…

Andreea Pop
Andreea Pop
Histórias de Clientes

Como a geolocalização aumentou consideravelmente a eficiência operacional da ERIK’S

Há algo único na compra de uma bicicleta, especialmente quando se compra uma de alta qualidade. Os clientes,…

Lucila Thompson
Lucila Thompson
Histórias de Clientes

Dengo: a deliciosa experiência do ecommerce ao vivo

As vendas de chocolates finos da Dengo estão prosperando durante a pandemia, com uma experiência de loja ao…

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade
Histórias de Clientes

A Payless expande seu alcance global com o ecommerce da VTEX

A Payless, um varejista de calçados que dispensa apresentações, tem oferecido ótimos modelos e preços há mais de…

Andreea Pop
Andreea Pop
Estratégia

Como a Sally Beauty obteve sucesso em tempos de crise junto com a VTEX

Sally Beauty é uma empresa americana especializada em produtos de beleza, com presença em 17 países e com…

Javiera Riedel
Javiera Riedel
Estratégia

Grupo Éxito, uma história de sucesso do ‘Dia sem IVA’

O imposto sobre vendas na Colômbia é de 19%, por isso foi um grande negócio quando o governo…

Sorana Gheorghiade
Sorana Gheorghiade
Histórias de Clientes

Os novos passos da Ri Happy no comércio digital

Introdução  Sobre a empresaA Ri Happy é a maior marca brasileira do varejo infantil. Fundada em 1988 por…

Guilherme Lerner
Guilherme Lerner
Estratégia

Da moda para o mercado: Como a Miniprix se reinventou em apenas uma semana

Em tempos de coronavírus, a moda deu um passo atrás, e os varejistas do setor foram afetados. A…

Andreea Pop
Andreea Pop
Veja Mais
Registro feito com sucesso