Estratégia

De olho em alta performance no ecommerce, Under Armour adota solução VTEX

Guilherme Lerner
Guilherme Lerner January 29, 2021
De olho em alta performance no ecommerce, Under Armour adota solução VTEX

Em apenas 90 dias de implantação, apenas trocando de solução tecnológica, Under Armour vê sua taxa de conversão aumentar 35%

Quem pratica atividade esportiva sabe que um produto de alto rendimento faz toda a diferença no desempenho de um atleta. Um tênis esportivo específico para corridas pode significar importantes segundos a menos em um treino ou a diferença entre o topo do pódio e o segundo lugar em uma prova de corrida.

Essa é a proposta de valor da marca global de artigos esportivos Under Armour, criada em Baltimore há 24 anos e que hoje está presente em mais de 100 países do mundo: criar produtos que são o estado da arte em desempenho esportivo, desenhados para tornar melhores os atletas, o que levou a empresa também a desenvolver apps de fitness e saúde digital que conectam pessoas e impulsionam a performance de seus usuários.

Essa visão também é aplicada aos negócios. A busca por melhorar sua performance nas vendas online fez com que a Under Armour buscasse uma tecnologia de ecommerce capaz de corresponder às suas altas exigências, assim como a marca entrega aos seus clientes atletas. Além de levar a taxa de conversão a um novo patamar, a nova tecnologia permitiu a integração nativa do ecommerce com marketplaces, centralizando em uma única plataforma a gestão de produtos, estoques, preços, promoções, clientes e seus pedidos, promovendo maior agilidade e menores custos operacionais. 

A Under Armour junta-se a Mizuno e Olympikus, outras marcas do Grupo Vulcabras, que já possuíam suas operações digitais em VTEX. O Brasil é a primeira etapa do projeto de padronização regional de plataforma de ecommerce, com planos de adoção para toda a América Latina. 

Outra mudança importante deste projeto é a integração de fornecedores de serviços como Email Marketing e Meios de Pagamento para o Brasil, ampliada com a migração para a VTEX. Isso traz ganhos em agilidade e o benefício da operação não ficar mais vulnerável a variações cambiais.

Pedro Rios Bertolacini, Head de D2C da Vulcabras

A centralização dos serviços em território brasileiro também visa superar dificuldades de comunicação e aumentar o ritmo de crescimento, uma vez que o volume de negócios gerado pelo mercado local é muito maior.

Essa forma de repensar a arquitetura de parceiros da Under Armour na região buscou otimizar a atuação dos fornecedores de serviços digitais a partir do Brasil para atender toda a América Latina. Agora, serviços como Email Marketing, Meios de pagamento e Integradores, entre outros, passam a atender a região.

Transformação

Se performance é um aspecto vital para a Under Armour, não poderia ser diferente com a migração, que durou menos de 90 dias e contou com toda a dedicação dos times VTEX e Under Armour.

De forma inteligente, com foco em constatar o impacto positivo que a mudança apenas da tecnologia de ecommerce, a Under Armour optou por não fazer nenhuma alteração na UI (User Interface, termo em inglês para interface do usuário, ou simplesmente o layout da loja). Isso permitiu identificar o que a simples migração para VTEX impactou nos índices operacionais do seu ecommerce. Além disso, o projeto considerou a importância estratégica do ecommerce no cenário atual e a aproximação da Black Friday, realizando a migração em apenas 90 dias.

Os resultados são expressivos, já que a conclusão do projeto permitiu à Under Armour participar do Black Friday 2020 com sua taxa de conversão 35% maior quando comparada à solução anterior.

Flexibilidade 

Se a questão ficasse só na performance do ecommerce com a plataforma VTEX, o projeto com a Under Armour já seria considerado um sucesso. No entanto, além de melhorias em performance, o novo ecommerce conta com funcionalidades e recursos ausentes antes da migração.

Agora a marca de roupas e equipamentos esportivos fundada por Lengton Parruque pode customizar o prazo de frete, integrar com parceiros locais para otimizar os processos de troca e aproveitar um leque maior de meios de pagamento. A arquitetura planejada e implantada pela VTEX já previu, assim que a Under Armour desejar, dar início a operação omnichannel. A integração entre ecommerce e lojas físicas, sejam elas lojas próprias ou franquias, possibilita maior agilidade no manejo de estoques, estratégias de prateleira infinita e opções como click and collect ou ship from store.

Todos os benefícios que a solução VTEX passou a entregar para Under Armour permitem ao cliente da marca ter uma experiência mais segura, fluída e completa, que vai da compra ao pós-compra. Um passo importante em direção à harmonia entre tecnologia e negócios e verdadeiros ganhos estratégicos em performance.

Continue lendo: artigos relacionados
Estratégia

Como otimizar o checkout e aumentar a conversão em sua loja online

As vendas no ecommerce vem experienciando um crescimento considerável nos últimos anos. Segundo a Ebit/Nielsen o Brasil bateu…

Caroline Dias
Caroline Dias
Estratégia

9 principais diferenças entre o ecommerce B2C e B2B

Você já se perguntou como cada modelo de negócio requer uma arquitetura e um conjunto de funcionalidades diferentes?…

Iris Irikura
Iris Irikura
Estratégia

Como crescer a sua estratégia omnichannel com live shopping

Se existe algo que é uma constante no mundo digital e no mundo do ecommerce é a inovação…

Taissa Araujo
Taissa Araujo
Estratégia

Aumente o faturamento da sua loja virtual com entregas cada vez mais rápidas

Descubra como as estratégias logísticas usando dark stores têm garantido entregas em tempo reduzidoe se tornado tendência no…

Rebeca Maffra
Rebeca Maffra
Estratégia

O que uma plataforma de comércio omnichannel pode oferecer aos varejistas?

Ninguém entra no varejo pensando “Vou vender este único produto a este preço e neste canal para sempre”.…

Cody Stapleton
Cody Stapleton
Estratégia

Como integrar o conversational commerce em sua operação omnichannel

Um dos paradigmas das marcas é estar disponível onde quer que os clientes estejam e ser capaz de…

Diana Mourão
Diana Mourão
Estratégia

Conversational commerce: a mais nova tendência digital que está fortalecendo as empresas B2C e B2B

Por trás de qualquer tipo de negócio, há um ser humano. Isso é um fato. Portanto, tanto faz…

Juliana Sánchez
Juliana Sánchez
Estratégia

Conversational commerce: riscos e oportunidades

O conversational commerce é uma forma de venda em que as empresas se comunicam com os clientes diretamente…

Consuelo Cabrera
Consuelo Cabrera
Estratégia

Como a tendência de crescimento de pequenos e médios varejistas pode ser impulsionada pelo ecossistema VTEX

De acordo com o estudo citado pela equipe do E-commerce Brasil no Podcast F5, após a temporada de…

Abner Aguiar
Abner Aguiar
Veja Mais
Registro feito com sucesso