Customer Stories

Frávega: Aproveitando a solução de composable commerce da VTEX

Afonso Praça
Afonso Praça December 17, 2021
Frávega: Aproveitando a solução de composable commerce da VTEX

Frávega, um cliente da VTEX desde 2014, é uma rede varejista argentina com 110 filiais e mais de 2.700 colaboradores. Seu perfil principal sempre foi o de eletrônicos e eletrodomésticos. No entanto, nos últimos anos, ao lançar seu marketplace, começou a oferecer produtos em várias outras verticais através de sellers externos. Atualmente, a Frávega possui mais de 80.000 SKUs. 

Como uma empresa de 100 anos de existência com um forte histórico em tecnologia, a Frávega tem naturalmente um conjunto de sistemas criados para fins específicos. Como em qualquer outra empresa, a unificação destes chamados sistemas legados é um desafio e tanto, mas é totalmente necessário superar esta complexidade para garantir uma experiência de cliente perfeita e unificada. É aqui que a VTEX, com sua proposta de composable commerce, oferece uma grande ajuda. 

Mentalidade da Frávega

Anteriormente, falamos muito sobre o uso do composable commerce pela Frávega e a mentalidade por trás dessa estratégia, mas vale a pena relembrar. A Frávega tem uma equipe sólida, especializada e profissional de mais de 100 pessoas que lidam com tudo relacionado ao comércio digital e operações de TI, semelhante a um laboratório de inovação. Eles estão estruturados em três subáreas: pesquisa e desenvolvimento, vendas e pós-venda. Esta equipe está encarregada do desenvolvimento de soluções internas. 

Entretanto, o objetivo não é construir tudo; em vez disso, Frávega tem uma abordagem híbrida na qual constrói o que é único para seus negócios e os integra em sistemas terceirizados. Antes de começar a desenvolver uma solução, todos os projetos são avaliados de acordo com critérios bem definidos, como time-to-market, complexidade de implementação, impacto no ecossistema e nas operações, custos de manutenção de curto e longo prazo.

Em última instância, qualquer coisa que a Frávega constrói internamente tem o objetivo de fortalecer sua estratégia omnichannel e de agregar valor a todos os seus canais de venda. 

Os desafios da Frávega

Marketplace

Tornar-se um marketplace foi um grande passo na jornada da Frávega para expandir sua participação no mercado. A empresa precisava de uma solução sólida que incorporasse mais de 100 sellers de forma fluida e eficiente.

Com a VTEX como plataforma de ecommerce, a Frávega poderia integrar novas operações digitais usando seu Seller Portal e integrar-se a outros sellers do ecossistema da VTEX. Sem mencionar a integração a grandes operações de ecommerce, como o Mercado Livre, usando integrações pré-construídas da VTEX. Além disso, poderia até mesmo criar integrações personalizadas para sellers específicos sobre um protocolo de integração.

Agora, a Frávega não só vende produtos de uma ampla gama de parceiros em vários setores verticais, mas muitos de seus clientes vendem online, exclusivamente através do modelo de marketplace dela. Eles são levados para o espaço de comércio online pelo marketplace da Frávega. 

Checkout (camada de transação)

A Frávega precisava de uma solução de checkout em conformidade com a normativa PCI e sem fricção, construída para conversão. Além disso, o complexo mercado argentino exigia muitas funcionalidades que atendessem a seus inúmeros métodos de pagamento, a cultura de pagar parcelado e diferentes planos de pagamento de acordo com a bandeira do cartão de crédito e o banco. 

O VTEX SmartCheckout abordou estas questões de forma eficaz. Ele contava com as integrações de pagamento, configurações e segurança desejadas, com um checkout sem senha e voltado para a conversão. Para a Frávega, não era mais necessário desenvolver uma solução própria.

Storefront (camada da descoberta)

Precisando, sem dúvida, da mais personalizada de todas as operações da Frávega, o storefront exigiu uma série de funcionalidades como a localização do cliente, integração com um sistema interno das lojas para a retirada na loja, precificação e disponibilidade que varia de acordo com a região do comprador, entre outras regras e lógicas comerciais personalizadas.

Criar uma camada de experiência única para seus consumidores que sintetize a complexidade do back-office é muito importante para uma experiência do usuário no ambiente competitivo do comércio atual. A Frávega precisava ter controle total sobre a UX dos seus canais digitais e precisava que eles fossem executados com o máximo desempenho, pois sabemos que a performance está diretamente relacionada à taxa de conversão. 

A resposta para isso foi uma solução interna, baseada em tecnologia de código aberto, que aproveita uma abordagem Static Site Generation. Este é o assunto que vamos analisar mais profundamente a seguir. 

O planejamento e a implementação da solução

Aproveitando as vantagens da arquitetura MACH da VTEX (mais sobre isso, em breve) e com uma forte equipe técnica interna, a Frávega optou por criar sua própria implementação do storefront, baseada em tecnologia de ponta. Desde então, ela tem valorizado os benefícios de uma plataforma flexível de comércio que lhe permite unir funcionalidades robustas prontas para uso com componentes altamente eficientes feitos sob medida. 

Como seu principal objetivo era criar uma experiência de descoberta única e de alta performance, ela implementou sua solução personalizada para a página inicial, landing pages, categorias, busca, assim como a página de produto, mas manteve a solução padrão de storefront da VTEX durante toda a fase transacional da jornada do cliente (carrinho e checkout).

Este tipo de implementação híbrida funciona perfeitamente desde que a Frávega utilizou a VTEX como seu principal motor de comércio. Como resultado, a camada de descoberta personalizada está em constante conexão com as APIs de comércio da VTEX.

Na tentativa de criar uma experiência digital única para seus clientes, com ótimo desempenho, mas também unificando dados de diferentes fontes, a Frávega criou sua própria camada GraphQL API, que se conecta com as APIs de comércio da VTEX e também com APIs de terceiros, oferecendo um ponto de entrada único para o storefront obter dados.

A solução personalizada no storefront está usando tecnologias de ponta e paradigmas da web moderna. É uma solução baseada em React e Next.js com uma estratégia híbrida de renderização estática e de servidor, completamente otimizada para mecanismos de busca.

VTEX como MACH

A MACH Alliance apresenta e defende um ecossistema de tecnologia empresarial aberto e de alta qualidade. A tecnologia do ecossistema é baseada em microsserviços, API-first, nativo na nuvem SaaS e headless. 

Vamos analisá-los um por um e ver como cada componente contribuiu para o crescimento de Frávega.

  • A Frávega prefere utilizar algumas funcionalidades fornecidas pela VTEX enquanto outras vêm de soluções internas ou externas. Graças à arquitetura baseada em microsserviços da VTEX, a escolha a dedo de módulos e funcionalidades foi fácil e fez com que a Frávega pudesse enfrentar seus desafios com a melhor solução.
  • Graças à abordagem API-first da VTEX, os componentes da VTEX da Frávega se integram facilmente com aqueles desenvolvidos internamente ou por fornecedores externos.
  • A Frávega aproveita totalmente a arquitetura nativa na nuvem da VTEX, que garante escalonamento automático em tempo real em reação às flutuações no tráfego web.
  • No ecommerce tradicional, você desenvolveria internamente ou deixaria toda a sua operação para um único fornecedor. Mais comumente, a primeira opção permitiria uma solução sob medida, mas a um custo maior. Já a segunda poderia ser mais econômica, mas você pode descobrir que nenhuma das soluções já disponíveis é capaz de atender a todas as suas necessidades. Graças a projetos headless, você não precisa mais assumir este compromisso. Durante muitos anos, a experiência da Frávega com uma plataforma de comércio headless mostrou que sua eficiência é maior quando se obtém o melhor de dois mundos: suas funcionalidades internas altamente personalizadas integram-se facilmente com àquelas disponíveis na VTEX.

Assim como muitos outros varejistas de grandes empresas, a Frávega adotou uma abordagem composable para otimizar e agilizar um processo complexo de negócio. Se você quiser, poderia fazer o mesmo com a VTEX.

Continue lendo: artigos relacionados
Histórias de Clientes

Aramis e a reinvenção do modelo de negócio através da digitalização: assista e confira

Saiba como a marca de moda cresceu 900% no ecommerce, digitalizou sua estratégia de lojas físicas com Indeva…

Mariana Boese
Mariana Boese
Histórias de Clientes

Ri Happy e a estratégia de performance e excelência nos canais digitais: assista e confira

Saiba como a marca líder no segmento de brinquedos infantis consolidou seu projeto omnichannel e impulsionou a performance…

Mariana Boese
Mariana Boese
Histórias de Clientes

Decathlon e o sucesso da estratégia de comércio unificado: assista e confira

Saiba como a Decathlon integrou ecommerce e lojas físicas, empoderando seus vendedores e elevando a experiência de seus…

Mariana Boese
Mariana Boese
Histórias de Clientes

Com mais de 180 anos, a C&A continua relevante e crescendo disruptivamente. Saiba como

Disclaimer: este material foi desenvolvido a partir do conteúdo apresentado pela(s) marca(s) citada(s) durante o VTEX DAY 2022…

Vinicius Pereira
Vinicius Pereira
Histórias de Clientes

Imaginarium inicia a digitalização dos pontos de venda com Indeva by VTEX

Da rede de 210 lojas da Imaginarium, 30 já começaram a colher os benefícios das soluções automatizadas e…

Vinicius Pereira
Vinicius Pereira
Histórias de Clientes

A Lupo conseguiu 89% de taxa de conversão em vendas pelo WhatsApp

Vender mais com lojas abertas ou fechadas? Sim, a Lupo conseguiu, e foi com uma estratégia comercial ousada…

Vinicius Pereira
Vinicius Pereira
Histórias de Clientes

Paquetá investe na rede de franqueados com Indeva by VTEX

A Paquetá The Shoe Company já integrou 30 lojas de Capodarte, Dumond e Ateliermix e, nas próximas semanas,…

Vinicius Pereira
Vinicius Pereira
Histórias de Clientes

A Usaflex cresceu de 70 para 7 mil acessos no WhatsApp das lojas

Em um varejo cada vez mais competitivo, a Usaflex saiu na frente e chegou a gerar 40 mil…

Vinicius Pereira
Vinicius Pereira
Histórias de Clientes

Decathlon impulsiona estratégia de comércio unificado e transforma papel das lojas físicas com o VTEX inStore

Com foco na experiência do cliente, a rede de artigos esportivos apostou na implantação da ferramenta e possui…

Mariana Boese
Mariana Boese
Veja Mais
Registro feito com sucesso