Estratégia

Como a tendência de crescimento de pequenos e médios varejistas pode ser impulsionada pelo ecossistema VTEX

Abner Aguiar
Abner Aguiar March 14, 2022
Como a tendência de crescimento de pequenos e médios varejistas pode ser impulsionada pelo ecossistema VTEX

De acordo com o estudo citado pela equipe do E-commerce Brasil no Podcast F5, após a temporada de Black Friday e Cyber Monday de 2021, as Pequenas e Médias Empresas (PMEs) registraram um crescimento de 31% em seu faturamento através do ecommerce, comparado aos resultados do mesmo período no ano passado — um crescimento maior do que o observado no restante do mercado. 

Acredita-se que o movimento do consumidor brasileiro em busca das PMEs não esteja somente relacionado às atuais condições econômicas do país, que induzem os consumidores a buscarem por novas alternativas de compra, mas, principalmente, à estruturação das empresas desse porte, que tem possibilitado a captação de usuários que eram fiéis aos grandes players. 

A entrada em marketplaces como estratégia de expansão

Além dos investimentos no catálogo de produtos, dos preços e meios de pagamento oferecidos, certamente as integrações com marketplaces têm desempenhado um papel fundamental para a formação desse cenário de crescimento das PMEs. 

Embora sob determinadas condições contratuais e taxas de comissão, é através dessas parcerias que as PMEs tornam-se sellers, e se beneficiam da promoção de suas marcas e seus produtos a um público muito mais amplo do que poderia ser alcançado por meio de seus esforços individuais. Os lojistas ainda podem contar com uma variedade de serviços adicionais, que agregam valor à jornada de compra. Desde diferentes canais de atendimento ao consumidor até opções de entrega integradas às lojas físicas do próprio marketplace (pick up in store e ship from store, por exemplo), a chance de se alavancar a partir do alcance de grandes grupos cria novas possibilidades aos pequenos ecommerces.

Outro fator importante é que, com a crescente adoção do modelo de marketplaces por parte dos grandes players do mercado, as opções de parceria são cada vez mais numerosas: lojas de departamentos, supermercados, instituições financeiras, e uma imensa lista de empresas dos mais diversos segmentos têm investido neste modelo, conectando-se a milhares de PMEs.

O crescente interesse em abrir o próprio negócio

O relatório do Google sobre os termos mais buscados em 2021 indica que, no ano passado, houve mais buscas por “como abrir um negócio” do que por “como conseguir um emprego”. Isso indica que há uma tendência de aumento na quantidade de pequenos e médios empreendedores, entre os quais uma larga porção deve se inserir no setor de varejo, seguindo as métricas nacionais divulgadas pelo Sebrae em 2020. Esse relatório destaca o comércio como o setor com o segundo maior número de pequenos e médios empreendimentos no país, atrás apenas do setor de serviços.

O ecossistema VTEX como centro de oportunidades 

Diante disso, a VTEX figura como um importante acelerador da inclusão de PMEs em marketplaces. Por meio de variadas soluções de integração, a VTEX tem removido as fricções na conexão entre lojas: O Marketplace Network proporciona um ambiente próprio para a identificação de oportunidades de parcerias entre sellers e marketplaces VTEX. Enquanto isso, integrações externas nativas possibilitam um acesso simplificado aos maiores marketplaces do país, em poucas etapas. E através deste modelo nativo, ou de integrações externas certificadas, também é possível obter condições comerciais mais vantajosas. Assim, os varejistas de pequeno e médio porte podem conectar-se à amplas redes de lojas, intensificando sua participação no mercado, e promovendo ganhos para todo o ecossistema. 

Dessa forma, tendem a se formar modelos de negócio com estruturas cada vez mais amplas, que impulsionarão principalmente as organizações que souberem tirar o máximo proveito de suas relações colaborativas, sejam elas pequenas, médias ou grandes.

Continue lendo: artigos relacionados
Estratégia

7 passos simples para garantir uma boa usabilidade de uma loja online

Você conhece a importância da usabilidade de uma loja online? Para destacar a sua loja online dos demais…

ESHOPPER
ESHOPPER
Estratégia

Uma linha do tempo para a implementação do conversational commerce

Os novos hábitos de compra dos consumidores, o boom do comércio social e a tendência voltada para a…

Gabriela Porto
Gabriela Porto
Estratégia

Como otimizar o checkout e aumentar a conversão em sua loja online

As vendas no ecommerce vem experienciando um crescimento considerável nos últimos anos. Segundo a Ebit/Nielsen o Brasil bateu…

Caroline Dias
Caroline Dias
Estratégia

9 principais diferenças entre o ecommerce B2C e B2B

Você já se perguntou como cada modelo de negócio requer uma arquitetura e um conjunto de funcionalidades diferentes?…

Iris Irikura
Iris Irikura
Estratégia

Como crescer a sua estratégia omnichannel com live shopping

Se existe algo que é uma constante no mundo digital e no mundo do ecommerce é a inovação…

Taissa Araujo
Taissa Araujo
Estratégia

Aumente o faturamento da sua loja virtual com entregas cada vez mais rápidas

Descubra como as estratégias logísticas usando dark stores têm garantido entregas em tempo reduzidoe se tornado tendência no…

Rebeca Maffra
Rebeca Maffra
Estratégia

O que uma plataforma de comércio omnichannel pode oferecer aos varejistas?

Ninguém entra no varejo pensando “Vou vender este único produto a este preço e neste canal para sempre”.…

Cody Stapleton
Cody Stapleton
Estratégia

Como integrar o conversational commerce em sua operação omnichannel

Um dos paradigmas das marcas é estar disponível onde quer que os clientes estejam e ser capaz de…

Diana Mourão
Diana Mourão
Estratégia

Conversational commerce: a mais nova tendência digital que está fortalecendo as empresas B2C e B2B

Por trás de qualquer tipo de negócio, há um ser humano. Isso é um fato. Portanto, tanto faz…

Juliana Sánchez
Juliana Sánchez
Veja Mais
Registro feito com sucesso