Estratégia

Cross Border Brasil – Exportação para os Estados Unidos

João Teixeira
João Teixeira January 26, 2021
Cross Border Brasil – Exportação para os Estados Unidos

COMO EXPORTAR PARA OS EUA DE FORMA SIMPLIFICADA?

A economia dos Estados Unidos é a maior do mundo, com um mercado consumidor de cerca de 330 milhões de pessoas. O PIB norte-americano é superior a US$ 20 trilhões por ano, sendo que US$ 14 trilhões são gastos por ano pelos consumidores. Boa parte deste consumo provém de produtos vendidos por outros países.

É uma grande oportunidade para empresas brasileiras, interessadas em exportar para os EUA. Produtos brasileiros têm atraído cada vez mais a atenção dos consumidores norte-americanos. Com o dólar alto aqui no Brasil, o preço relativo dos produtos brasileiros se torna ainda mais competitivo.

Mas como funciona o processo de exportação por remessa expressa para os EUA? Será que é um processo com muita burocracia? Neste artigo, vamos detalhar esta operação que se aplica para pequenas, médias e grandes empresas.

EXPORTAR PARA OS EUA É MAIS SIMPLES DO QUE VOCÊ IMAGINA

A partir de 2017, a legislação brasileira passou a permitir a exportação comercial expressa de praticamente todos os produtos, com destino tanto para empresas (revendas) quanto para consumidores finais nos EUA. Um novo mercado se abriu, embora poucos brasileiros saibam. Trata-se de um verdadeiro oceano azul de oportunidades, das quais os desbravadores brasileiros poderão se beneficiar.

Antes de mais nada, é importante lembrar que a empresa brasileira não paga imposto no Brasil ao exportar, independentemente do valor. Isso porque a exportação é benéfica à produção nacional e gera empregos internamente.

Além disso, o governo dos EUA não cobra impostos de produtos importados via ecommerce por remessa expressa, dentro do limite de US$ 800 por remessa a cada cidadão norte-americano, o que é um ticket de vendas bem significativo.

Também são isentas de tributos as remessas expressas para fins de amostra, o que se torna um atrativo ainda maior para empresas brasileiras firmarem novos negócios nos EUA.

COMO FUNCIONA UMA REMESSA EXPRESSA DE EXPORTAÇÃO?

A empresa brasileira pode utilizar este novo mecanismo da remessa expressa. Trata-se de um processo ágil e simplificado, que não necessita da habilitação no Radar da Receita Federal do Brasil.

O processo completo envolve o despacho aduaneiro no Brasil, a remessa aérea, a nacionalização da mercadoria nos EUA e o envio ao cliente final em solo norte-americano.O parceiro logístico internacional da VTEX é credenciado junto ao governo para auxiliar empresas brasileiras a realizarem o processo completo de exportação, via remessa expressa ou outras formas. Assim, é possível atender exportações de qualquer valor, independentemente do volume de remessas.

O parceiro logístico VTEX oferece o serviço mais econômico, com entrega de 5 a 9 dias na costa leste e de 7 a 15 dias na costa oeste dos EUA. O prazo pode chegar a apenas três dias, se o exportador preferir contratar o serviço ultra-rápido de entrega.

Se o exportador brasileiro optar por manter estoque avançado em Miami (FL), temos estrutura de armazém e despacho. Neste caso, a entrega ocorre no prazo de 3 a 7 dias na costa leste e de 5 a 13 dias na costa oeste dos EUA.

Nosso parceiro consegue realizar esta transação de forma rápida e acessível porque:

  • É credenciado pelo governo brasileiro a operar na modalidade de remessa expressa;
  • Conta com bases operacionais nos principais aeroportos brasileiros;
  • Possui armazém operacional em Miami (FL), a partir de onde a mercadoria é direcionada para todo o território norte-americano;
  • Presta consultoria personalizada aos exportadores brasileiros vinculados à VTEX, sem custo adicional;
  • Conta com app 100% integrado aos aeroportos, governos e cadeia logística, de modo que a informação seja transparente ao exportador brasileiro e ao importador norte-americano; e
  • Possibilita o preenchimento automático de documentos de exportação, a partir do documento fiscal do exportador, simplificando todo o processo.
Exemplo de Fatura Comercial
Exemplo Viabilidade de Preço Final ao Consumidor EUA

QUAIS PRODUTOS PODEM SER EXPORTADOS, QUAIS DOCUMENTOS, QUAIS OS RISCOS?

Os três documentos primordiais são a Fatura Comercial (commercial invoice), a Nota Fiscal e o Conhecimento de Embarque (Air Way Bill – AWB). Todos esses documentos e orientações de etiquetagem são acompanhados pelo parceiro VTEX.

As políticas de devolução e desistência ficam a critério da empresa brasileira exportadora. As devoluções ao Brasil são raras. Se o exportador desejar, nosso parceiro logístico já cria a etiqueta de devolução ao nosso Centro de Distribuição nos EUA e, de lá, retornamos a mercadoria ao Brasil (por conta da empresa contratante). O processo é semelhante à logística reversa nas cargas domésticas no Brasil, com custos de retorno. Além disso, as partes podem negociar o envio prévio de amostras, sem incidência de tributos.

Nem o exportador brasileiro nem o comprador norte-americano terão riscos. Nosso parceiro logístico integra todas as soluções para que a operação seja coberta por seguro, rastreável via sistema, com a documentação corretamente preenchida e com total previsibilidade de custos. O objetivo é zerar as surpresas de impostos, taxas e despesas que possam encarecer a transação.

O processo de exportação na remessa expressa é seguro, rápido, informatizado e rastreável

O exportador brasileiro é atualizado a cada movimentação da mercadoria, até a chegada na casa do consumidor norte-americano, através da exclusiva plataforma do nosso parceiro logístico, integrada às soluções VTEX

SITE E CATÁLOGO EM INGLÊS

Caso o lojista VTEX não tenha seu catálogo em inglês, temos parceiros especializados na tradução do catálogo, observando o regionalismo de cada país, melhores práticas de SEO internacional e adequação de métricas como tamanho, dimensão, voltagem e etc.

Sua agência digital parceira VTEX está habilitada a criar um layout em inglês em um ambiente distinto do ambiente Brasil, ou seja, um “account” diferente do seu no Brasil, dado que diferentes interlocutores vão acessar tal ambiente.

FALE COM A VTEX 

Caso sua empresa tenha interesse em exportar para os Estados Unidos, entre em contato conosco para que seu negócio inicie ou amplie a abertura de mercados externos, especialmente o norte-americano. 

Neste projeto, o parceiro logístico inclui uma consultoria sem custos às empresas brasileiras VTEX, para se certificarem quanto a possibilidade de exportação e esclarecerem todas as dúvidas.

Entre em contato

Continue lendo: artigos relacionados
Estratégia

Painel “Tendências do Varejo de Moda para 2021” organizado por VTEX e AWS traz a visão de especialistas do segmento

O varejo de moda passou por uma transformação intensa ao longo de 2020, muito por conta da pandemia,…

Guilherme Lerner
Guilherme Lerner
Estratégia

De olho em alta performance no ecommerce, Under Armour adota solução VTEX

Em apenas 90 dias de implantação, apenas trocando de solução tecnológica, Under Armour vê sua taxa de conversão…

Guilherme Lerner
Guilherme Lerner
Estratégia

Cross Border Brasil – Exportação para Europa

Já pensou em internacionalizar seu negócio com processos simplificados e baixo investimento? As empresas brasileiras que utilizam a…

João Teixeira
João Teixeira
Estratégia

Cross border: o MVP da sua internacionalização

O ecommerce cross border é excelente maneira de testar mercados fora do país, com menor custo e resultados…

Rafa Forte
Rafa Forte
Estratégia

4 principais causas de insatisfação do cliente no ecommerce

A satisfação do cliente é fundamental para o sucesso da empresa. Uma pesquisa realizada pelo Zendesk mostra que…

Luiz Samico
Luiz Samico
Estratégia

Cross Border Brasil – Importação dos Estados Unidos

Descubra como vender produtos importados de fornecedores dos Estados Unidos em sites de ecommerce de empresas brasileiras que…

João Teixeira
João Teixeira
Estratégia

ABL Digital: como o marketplace virtual pode ser a nova fonte de receita dos shopping centers

O marketplace já é uma realidade no universo de shopping centers. Se até o início do ano muitos…

Ricardo Garcia
Ricardo Garcia
Estratégia

Como melhorar a experiência de compra do cliente no varejo

Como corresponder às expectativas de consumidores cada vez mais exigentes e melhorar a experiência de compra deles no…

Luiz Samico
Luiz Samico
Estratégia

Como o Marketplace do Banco Inter com VTEX gerou alta de 2.574% nas vendas durante o Inter Day

Há 25 anos no mercado, o Banco Inter surgiu como uma financeira focada no mercado imobiliário. Em 2015,…

Guilherme Lerner
Guilherme Lerner
Veja Mais
Registro feito com sucesso